Política

Doria diz que aliança com Moro para 2022 é possível: ‘Mantemos boas relações’

José Cruz/Agência Brasil

Durante entrevista, presidenciável também disse que há “vários bons pré-candidatos que merecerão boas conversas”

Publicado em 28/11/2021, às 13h22    José Cruz/Agência Brasil    Redação BNews

Candidato à presidência pelo PSDB, escolhido nas prévias do partido, o governador de São Paulo, João Doria, disse neste domingo (28) que uma aliança com o ex-juiz, e ex-ministo do governo Bolsonaro, Sergio Moro para disputar 2022 é possível.

Atualmente, Moro articula sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto pelo Podemos.

“Tenho boas relações com o Sergio Moro e tenho respeito por ele. Mantemos boas relações e, aliás, não haveria nenhuma razão para não manter boas relações com alguém que ajudou o Brasil, que contribuiu com a Lava Jato", disse Doria em entrevista à CNN.

Segundo o portal UOL, também durante a entrevista, Doria elogiou a senadora Simone Tebet (MS), pré-candidata do MDB, e afirmou que há “vários bons pré-candidatos que merecerão boas conversas”.

Sem revelar nomes, o governador diz que já dialogou com alguns deles, e líderes partidários na último sábado (27), após vencer ás prévias tucanas. Levantamento divulgado na sexta-feira (26) pelo Ipespe aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança em todos os cenários.

A pesquisa também traz simulação de segundo turno, na qual Doria venceria o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em um eventual disputa entre a dupla.

Classificação Indicativa: Livre