Política

Favorito de Pacheco pode disutar presidência do Senado com uma mulher

Reprodução/Instagram
Novidade foi anunciada pela líder da bancada feminina, senadora Leila Barros  |   Bnews - Divulgação Reprodução/Instagram

Publicado em 10/07/2024, às 19h28   Redação



O favorito à sucessão de Rodrigo Pacheco (PSD), Davi Alcolumbre (União), poderá disputar a vaga no Senado com uma mulher. A novidade foi anunciada pela líder da bancada feminina, Leila Barros (PDT), nesta quarta-feira (10). 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp.

Leila Barros se reuniu com as senadoras Eliziane Gama (PSD) e Soraya Thronicke (Podemos). O encontro do trio foi divulgado nas redes sociais.

“Breaking News: Acordo fechado para um grande projeto que mudará para sempre a história das mulheres no Senado. Em breve, haverá novidades!”, disse Eliziane Gama, nas redes sociais. 

As eleições para o Senado estão marcadas para fevereiro de 2025. A última senadora que disputou a presidência foi Simone Tebet, em 2021. Ela foi derrotada por Rodrigo Pacheco pelo placar de 57 votos a 21.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp