Política

Governo federal anuncia pagamento de dois meses de salários mínimos a trabalhadores do Rio Grande do Sul

Rafa Neddermeyer/Agência Brasil
Mais de 430 mil trabalhadores do Rio Grande do Sul serão beneficiados pelo programa  |   Bnews - Divulgação Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Publicado em 07/06/2024, às 05h00   Victória Valentina



O governo federal anunciou, nesta quinta-feira (6), que irá pagar dois meses de salário mínimo a mais de 430.253 trabalhadores com com carteira assinada de empresas do Rio Grande do Sul afetadas diretamente pelas enchentes no estado. O anúncio foi feito pelo ministro do trabalho, Luiz Marinho.

Segundo o ministro, a medida abrange trabalhadores em regime CLT, estagiários, trabalhadores domésticos e pescadores artesanais. Essas pessoas devem receber os salários diretamente, enquanto as empresas deverão manter os empregos por mais dois meses, totalizando uma estabilidade de quatro meses.

"Nós vamos oferecer duas parcelas de um salário mínimo a todos os trabalhadores formais do estado do Rio Grande do Sul que foram atingidos na mancha [de inundação]. Não são todos os CNPJ dos municípios em calamidade ou emergência, mas os atingidos pela mancha", disse Marinho.

A medida provisória assinada pelo presidente Lula e pelo ministro do Trabalho deverá ser aprovada pelo Congresso Nacional.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp