Política

Grupo bolsonarista com mais de 60 mil usuários é suspenso do Telegram

Reprodução

Regulação de conteúdo é uma das primeiras ações do Telegram após firmar parceria com o TSE em março

Publicado em 11/05/2022, às 07h08    Reprodução    Redação

A plataforma Telegram suspendeu um dos maiores grupos bolsonaristas. Com 67 mil integrantes, o “super grupo B-38 oficial” está temporariamente inacessível devido a divulgação de conteúdos impróprios. Segundo informação do site Núcleo Jornalismo, o grupo só retomará as atividades após administradores removerem as mensagens ilegais dos usuários.

Esta é uma das primeiras ações do Telegram após firmar parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com o objetivo de fazer o monitoramento e revisão diário dos 100 canais mais populares do Brasil.

O Telegram não informou quais seriam os conteúdos ilegais, mas no “super grupo B-38 oficial” circulavam mensagens antivacina e que questionavam o processo eleitoral no Brasil.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre