Política

Lúcio Vieira Lima rebate críticas de Bruno Reis em relação a Geraldo Júnior: "É sinal que está metendo medo"

Joilson César/BNews
Lúcio Vieira Lima ainda citou um caso do ex-prefeito da cidade  |   Bnews - Divulgação Joilson César/BNews
Luana Neiva

por Luana Neiva

[email protected]

Publicado em 25/06/2024, às 16h39 - Atualizado às 17h11



Após o prefeito Bruno Reis (União Brasil) criticar o vice-governador Geraldo Júnior (MDB) por não participar da sabatina da Folha de S. Paulo juntamente com a UOL, o presidente de honra do MDB da Bahia, Lúcio Vieira Lima rebateu as falas do opositor.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp!

"Quando ele ataca Geraldinho é sinal que Geraldo está metendo medo, está preocupando ele. Hoje me dedico na política a mostrar justamente as contradições. Eu não vi, por exemplo, Bruno Reis, quando Neto, depois de confirmar que iria participar do primeiro debate na BAND de governo do Estado desistir de ir. Eu não vi o Bruno Reis dizer que Neto era fujão e que Neto estava com medo", disparou ele.

O ex-deputado ainda ironizou que não dá pra levar a sério Bruno Reis, no campo político. "No dia que ele elogiar, eu vou começar a me preocupar. Ele elogiando é porque está bom, ele atacando é porque está ruim".

Durante ato de inauguração da UPA Pediátrica Vale dos Barris, na manhã desta terça-feira (25), o prefeito Bruno Reis alfinetou o vice-governador da Bahia e pré-candidato à Prefeitura de Salvador, Geraldo Júnior (MDB).

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp