Política

Modelo de arma usada por Milton Ribeiro só foi liberado após decreto de Bolsonaro, diz colunista

Isac Nóbrega/PR

O porte de arma de Ribeiro foi expedido no dia 10 de dezembro de 2020, cinco meses após assumir o Ministério da Educação

Publicado em 26/04/2022, às 21h19    Isac Nóbrega/PR    Redação BNews

A arma do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro,que disparou acidentalmente ontem no Aeroporto de Brasília, só foi liberada para o uso de qualquer cidadão com porte por causa de um decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2019. Segundo a colunista Bela Megale, do jornal O Globo, trata-se de uma pistola Glock, calibre 9mm.

Esse modelo, antes de Bolsonaro editar um decreto que flexibilizou o uso de armas, era de uso restrito das Forças Armadas e policiais. Em maio daquele ano, o presidente estabeleceu que armas de fogo classificadas como "curtas" e que usem munição comum, como as pistolas .40, .45 e 9mm possam ser compradas e carregadas por todos os cidadãos com porte.

O porte de arma de Ribeiro foi expedido no dia 10 de dezembro de 2020, cinco meses após assumir o Ministério da Educação, e é válido até o dia 9 de dezembro de 2025. 

Leia também: Ex-ministro da educação dispara arma no aeroporto de Brasília

Em depoimento à Polícia Federal, o ex-ministro relatou que o disparo acidental ocorreu no momento em que estava no balcão da companhia aérea Latam, por volta das 17h. 

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre