Política

PF prende suspeitos de ameaçar família de Alexandre de Moraes

Geraldo Magela | Agência Senado
Um dos suspeitos é fuzileiro naval  |   Bnews - Divulgação Geraldo Magela | Agência Senado
Daniel Serrano

por Daniel Serrano

[email protected]

Publicado em 31/05/2024, às 10h49 - Atualizado às 10h49



A Polícia Federal (PF) prendeu nesta sexta-feira (31) dois suspeitos de ameaçar familiares do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Um dos suspeitos é um fuzileiro naval.  A informação é da CNN Brasil.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp 

Os suspeitos foram detidos em São Paulo e no Rio de Janeiro. A Globonews informou que a Polícia Federal também cumpre mandados de busca e apreensão contra a dupla.

Ainda segundo a CNN, os dois suspeitos teriam proferidos xingamentos à membros da família de Moraes. 

Esta não é a primeira vez que o ministro do STF e sua família são alvos de ofensas. Em julho do ano passado, Moraes foi xingado de "bandido, comunista e comprado" pelo empresário Roberto Mantovani Filho enquanto passava pelo aeroporto de Fiumicino, na Itália.

Na oportunidade, a esposa do empresário, Andréia Munarão, também hostilizou o magistrado. Além disso, imagens do circuito do aeroporto mostram Roberto Mantovani Filho dando um tapa no filho de Moraes. Um inquérito chegou a ser aberto para investigar o caso. No entanto, ninguém foi indiciado.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp