Política

Ricardo Almeida diz que CMS passou por "choque de gestão" com Geraldo Júnior

[Ricardo Almeida diz que CMS passou por
15 de Abril de 2019 às 20:43 Por: BNews/Vagner Souza Por: Henrique Brinco 0comentários

O vereador Ricardo Almeida, que deve ser alçado ao posto de presidente do PSC municipal em breve, afirmou que acha natural a gestão mais independente do novo presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (SD). "A Câmara, com a mudança da Presidência, passou por um choque de gestão. É natural que o gestor que assume quer imprimir a sua visão. Imprimir a sua forma de trabalhar no local onde chega", declarou, em entrevista ao programa "Se Liga Bocão", da Rádio Itapoan FM, na noite desta segunda-feira (15)

"O que eu acredito que o presidente Geraldinho fez foi isso, foi dar aquele freio de arrumação e dizer que 'agora é dessa forma'. Mas não vejo nada destoante, que fuja da normalidade. Até porque são poderes harmônicos, mas independentes. E com a sua independência, vamos conseguir o caminho do bem para a cidade", completou.

O edil também refutou os rumores de que a sua saída da vice-liderança da CMS teria sido por algum tipo de afastamento entre o PSC e a Prefeitura de Salvador. Almeida, inclusive, aproveitou a ocasião para exaltar o novo vice-líder. "Um vereador da envergadura de Alfredo Mangueira orgulha qualquer partido".

Sobre o protesto intitulado Ebó Coletivo, realizado na CMS contra a vereadora Marcelle Moraes, Almeida defendeu a colega. "Acredito que essa briga religiosa não leva ninguém a lugar nenhum", pontuou. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas