Política

Dilma diz em depoimento que "nunca ouviu falar" de conta no exterior aberta para ela por Joesley

[Dilma diz em depoimento que
Por: Roberto Parizotti/ CUT Por: Redação BNews 0comentários

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que "nunca ouviu falar" da conta no exterior supostamente aberta para ela pelo empresário Joesley Batista - segundo o que ele disse em seu acordo de delação premiada. De acordo com o jornal O Globo, a declaração foi dada durante depoimento à Polícia Federal no último dia 20 de novembro.

Na mesma ocasião, Dilma também negou as acusações de compra do apoio político de senadores do MDB pelo grupo J&F. No início de novembro do ano passado, a PF deflagrou a Operação Alaska, com base nas informações delatadas por Joesley, e chegou a solicitar a prisão temporária da ex-presidente.

Contudo, o pedido foi negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. Segundo a publicação, Dilma disse que nunca teve conhecimento dessas contas e somente soube de suas supostas existências durante a divulgação das declarações do empresário.

Ela acrescentou que não determinou a abertura de contas e jamais teve conversas sobre o tema. Em sua delação premiada, Joesley afirmou que acertou com o então ministro da Fazenda Guido Mantega a abertura de contas no exterior para periodicamente depositar valores de propina destinados ao ex-presidente Lula e à Dilma.

Já sobre o relato de que o grupo J&F acertou doações eleitorais com os caciques do MDB do Senado em troca de apoiar sua candidatura presidencial em 2014, a ex-presidente afirmou que o relato não faria sentido. Ela argumentou que as pesquisas de intenção de voto a colocavam em primeiro lugar e isso era o principal motivo para atrair o apoio.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas