Política

Bancada de oposição na AL-BA se solidariza com Targino e líder se mostra surpreso com decisão do TSE

[Bancada de oposição na AL-BA se solidariza com Targino e líder se mostra surpreso com decisão do TSE]
07 de Outubro de 2020 às 11:59 Por: Arquivo BNews Por: Tamirys Machado

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia se solidarizou, na manhã desta quarta (7), com a situação do deputado oposicionista Targino Machado que teve  o mandato cassado na terça (6) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  O órgão reverteu o entendimento do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) pela não cassação do mandato do demista em dezembro do ano passado na ação em que ele é acusado de abuso de poder, devido a atendimentos médicos em suposta troca de  votos. 

“Fomos pego de surpresa com a decisão de ontem. A solidariedade na bancada de oposição é 100% ao deputado Targino. Reconhecemos o valor dele como oposicionista”, pontuou, Sandro Regis, líder da bancada, em conversa com o BNews. 

O parlamentar, no entanto, adotou um discurso cauteloso ao ser indagado sobre recomposição de bancada com a saída de Targino. “Cada dia  sua agonia, vamos  aguardar a decisão de terça”, disse. 
Conforme fontes ouvidas pelo BNews, os deputados de oposição estudam se reunir para discutir a situação. 

Targino Machado foi cassado após a apuração conduzida pelo MP Eleitoral que acusa o político de “prestar serviços médicos gratuitos com o claro objetivo de captar votos dos eleitores atendidos, conduta grave que afetou o equilíbrio na disputa no estado”.

Na próxima terça (13), o TSE conclui o julgamento iniciado ontem e decide se os votos serão validados ou haverá a recontagem da votação para a coligação, o que pode  levar a rearrumação na Casa.  
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar