Política

“Tolerância zero”, diz secretária sobre denúncias de assédio contra ex-presidente da Caixa

Mateus Pereira/GOVBA

Pedro Guimarães, é alvo de uma série de denúncias de assédio sexual por parte de funcionárias da instituição financeira

Publicado em 30/06/2022, às 10h04    Mateus Pereira/GOVBA    Thiago Conceição e Daniela Pereira

A secretária estadual de Saúde, Adélia Pinheiro, comentou sobre as denúncias de assédio sexual envolvendo o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. “Como mulher estou permanentemente engajada no reconhecimento que toda violência e assédio é crime e deve ser punido na forma da lei. Para mim é a tolerância para isso é zero”, disse.

Pedro Guimarães, é alvo de uma série de denúncias de assédio sexual por parte de funcionárias da instituição financeira. Este é o primeiro caso público do tipo envolvendo um alto funcionário do governo Jair Bolsonaro (PL).

Os casos, que estão sob sigilo, são investigados pelo Ministério Público Federal (MPF) pelo menos desde o ano passado, quando um grupo de funcionárias decidiu denunciar os abusos.

Ainda de acordo com Pinheiro, o Governo da Bahia tem política clara contra a violência à mulher. “Nós temos uma secretaria voltada para o desenvolvimento de políticas públicas de apoio as mulheres que é a SPM, que trabalha também com o apoio da Sesab. E eu como mulher me sinto absolutamente representada neste governo que é um dos poucos do Brasil que tem políticas definidas voltadas para as mulheres”, disse.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre