Economia e Mercado

Bahia é o sétimo estado com a gasolina mais cara do Brasil

[Bahia é o sétimo estado com a gasolina mais cara do Brasil]
20 de Agosto de 2021 às 07:06 Por: Agência Brasil Por: João Brandão

Em meio à discussão sobre quem é o pai do aumento da gasolina na Bahia, o estado ocupa hoje a sétima colocação em combustível mais caro do País.

Conforme levantamento feito pelo BNews, baseado no preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) de combustíveis, do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), a Bahia possui uma média de R$ 6,0440 por litro de gasolina.

O Acre é o líder, com um preço médio de R$ 6,46. O Rio Grande do Norte ocupa a segunda posição com preço de R$ 6,28. O Rio de Janeiro aparece na terceira posição, com preço de R$ 6,24. Em Minas Gerais o preço é R$ 6,13 por litro. No Rio Grande do Sul é R$ 6,11. Goiás, que é o primeiro acima da Bahia, aparece com preço médio de R$ 6,0441.

Ainda conforme pesquisa, diversos estados conseguiram conter o aumento da gasolina. Paraná, por exemplo, tem o preço médio de R$ 5,02. São Paulo, estado mais populoso do Brasil, tem média de R$ 5,48 por litro.

A discussão no estado começou quando o deputado estadual Paulo Câmara (PSDB) criticou o novo aumento e culpou o governo do Estado por elevar o ICMS. Rui negou e pediu que o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) interpele o deputado sobre a afirmação.

Matérias relacionadas:

Paulo Câmara critica alta carga do ICMS sobre gasolina na Bahia

Deputado Paulo Câmara rebate líder do PT sobre ICMS e volta a criticar governo da Bahia

Paulo Câmara acusa governo baiano de promover quinto aumento do ICMS sobre combustíveis só em 2021: ‘Abusivo’

Líder do PT na AL-BA afirma que não haverá aumento do ICMS na Bahia e critica Paulo Câmara

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar