Esporte

Ídolos do Flamengo lamentam nas redes sociais tragédia no CT do clube

[Ídolos do Flamengo lamentam nas redes sociais tragédia no CT do clube ]
08 de Fevereiro de 2019 às 09:22 Por: Reprodução / Instagram Por: Redação BNews0comentários

A tragédia no CT do Flamengo, na madrugada desta sexta-feira (8), que deixou dez pessoas mortas e três gravimente feridas, causou comoção geral nas redes sociais. Entre os depoimentos que se destacam em relação ao ocorrido estão os de três ídolos do clube, Zico, Petkovic e Bebeto.

Em seu perfil oficial do Instagram, o 'Galinho', como é carinhosamente chamado pela torcida rubro-negra, fez um desabafo e pediu que o incêndio seja apurado. "Que tragédia essa com a base do Flamengo. Que choque receber essa noticia aqui do outro lado do mundo. Que tenha sido uma fatalidade. Que Deus conforte os familiares que perderam seus filhos, netos, irmãos, sobrinhos, enfim, parentes. Meninos que sonhavam com um futuro em suas vidas e muitos sem duvida em ajudarem suas familias. Que se apure tudo pois uma tragédia dessas nao pode passar em branco. Vidas se foram. Que a Nação Rubro-negra tenha força e fé para superar esse momento", escreveu na legenda de uma imagem preta.

 

 

O sérvio também utilizou a mesma rede social para lamentar a tragédia. "Mais uma tragédia no Rio de Janeiro e desta vez no Centro de Treinamento do Flamengo deixando 10 mortos vários feridos e uma NAÇÃO INTEIRA DE LUTO. Sei que meu coração chora e eu só gostaria de pedir força para todas as famílias que perderam um dos seus", postou na legenda da publicação.

 

Ainda no Instagram, outro ídolo do Flamengo também fez um longo do desabafo, o ex-atacante Bebeto. "

Estou consternado com a tragédia que aconteceu nesta madrugada, no Ninho do Urubu, no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande. Um incêndio matou dez pessoas, entre eles jovens atletas, entre 14 e 17 anos. Ainda não se sabe o que deu origem a essas chamas. Três deles foram resgatados feridos, com queimaduras, e levados para o hospital: Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14 anos, de Fortaleza (CE); Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos; e Jonathan Cruz Ventura, 15 anos. Ainda não se sabe os nomes dos outros falecidos. Estou profundamente abalado. O Flamengo faz parte da minha vida, da minha história, onde joguei e meu filho, Mattheus, também. É o meu time do coração, minha casa. Hoje é um dia de luto para todo o esporte. Desejo muita força e fé a essas famílias, que Deus possa confortar o coração de cada um. Eu e minha família estamos à disposição para o clube e para os familiares das vítimas para tudo o que precisarem. #luto #flamengo".

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Estou consternado com a tragédia que aconteceu nesta madrugada, no Ninho do Urubu, no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande. Um incêndio matou dez pessoas, entre eles jovens atletas, entre 14 e 17 anos. Ainda não se sabe o que deu origem a essas chamas. Três deles foram resgatados feridos, com queimaduras, e levados para o hospital: Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14 anos, de Fortaleza (CE); Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos; e Jonathan Cruz Ventura, 15 anos. Ainda não se sabe os nomes dos outros falecidos. Estou profundamente abalado. O Flamengo faz parte da minha vida, da minha história, onde joguei e meu filho, Mattheus, também. É o meu time do coração, minha casa. Hoje é um dia de luto para todo o esporte. Desejo muita força e fé a essas famílias, que Deus possa confortar o coração de cada um. Eu e minha família estamos à disposição para o clube e para os familiares das vítimas para tudo o que precisarem. #luto #flamengo

Uma publicação compartilhada por Bebeto (@bebeto7) em

Romário, um dos principais jogadores da história flamenguista nos anos 90, prestou solidariedade também pelas redes sociais. "Um incêndio destruiu parte do Ninho do Urubu agora de manhã em Vargem Grande. No local, ficam alojados adolescentes. Uma tragédia. 10 garotos em busca de sonhos morreram, outros 3 estão internados, que dor pra essas famílias. Toda minha solidariedade. Vamos esperar mais notícias. Força aos que estão internados e aos outros que escaparam da tragédia".

 

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas