Geral

LG quer bancar palestra de Lula a US$ 500 mil

[LG quer bancar palestra de Lula a US$ 500 mil]
04 de Maio de 2011 às 17:01 Por: Rafael Albuquerque



A multinacional LG ofereceu US$ 500 mil (cerca de R$ 790 mil) para que o ex-presidente Lula faça uma palestra na Coreia do Sul. Os convites de bancos e grandes empresas têm impulsionado a agenda internacional do ex-presidente. Caso confirme presença a convite da gigante dos eletrônicos, Lula ultrapassará o primeiro milhão de dólares em quatro meses fora do governo. O ex-ministro Luiz Dulci confirmou à Folha o convite da LG, mas não comentou o cachê de US$ 500 mil. A assessoria de Lula não informa o valor das palestras. "É segredo de Estado", disse Paulo Okamoto, sócio do petista na empresa LILS.

O ex-presidente já acumulou US$ 700 mil nas primeiras três palestras remuneradas no exterior. O cachê mais alto foi o da Telefonica (cerca de US$ 300 mil) por palestra em Londres. Também foi a Washington, a convite da Microsoft, e a Acapulco, a convite da Associação dos Bancos do México. Vale ressaltar que a LG foi a primeira empresa a contratá-lo para uma palestra no Brasil, em março, com cachê de R$ 200 mil. Nos eventos, Lula costuma citar feitos de seu governo e o aumento da presença brasileira no cenário mundial.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar