Geral

Força Sindical organiza manifestação para quinta-feira (11)

[Força Sindical organiza manifestação para quinta-feira (11)]
09 de Julho de 2013 às 14:11 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) 0comentários
A Força Sindical, a CTB, a CUT, a Nova Central Sindical e a UGT realizaram nesta terça-feira (09), uma coletiva de imprensa para dar mais informações sobre as atividades previstas, na Bahia, para a próxima quinta-feira (11), quando ocorre o Dia Nacional de Luta com várias paralisações no país. Além dos presidentes das Centrais, estiveram presentes representantes da Intersindical e da CSP Conlutas.
 
Na Bahia, categorias como comerciários, bancários, rodoviários, construção pesada, metalúrgicos, transporte, alimentação, entre outros, irão cruzar os braços no dia 11 de julho. As Centrais definiram os principais pontos do ato no estado, que terá a participação de milhares de trabalhadores que estarão concentrados no Campo Grande, às 11h, e irão sair em passeata pelo centro da cidade, até a Praça Castro Alves.
 
Para Nair Goulart, Presidente da Força Sindical BA, "as Centrais possuem histórias diferentes, mas o mesmo objetivo, que é sempre buscar o melhor para os trabalhadores .Por isso vamos às ruas no dia 11, a classe trabalhadora está de pé."
 
No interior do estado estão marcadas manifestações em Alagoinhas, Brumado, Caetité, Jequié, Ilhéus, Camaçari, Nazaré, São Roque e Itabuna, que serão realizadas pelo Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada, Sintepav BA, e pela Força Sindical.  
 
Os presidentes das centrais afirmaram que esse é o momento de fortalecer a classe trabalhadora, garantindo o avanço na pauta de reivindicações, com enormes possibilidades de um Brasil e uma Bahia mais fortes e com resultados sociais mais efetivos que só irão ocorrer com uma política econômica que privilegie o desenvolvimento social do trabalho, preservação do meio ambiente, mais investimento em educação, ciência, tecnologia, saúde e reforma agrária.
 
Brasil
Em Defesa da Democracia e dos Direitos dos Trabalhadores, as Centrais Sindicais transformarão o 11 de julho no Dia Nacional de Luta com Greves e Mobilizações, levando as bandeiras de luta e a pauta dos trabalhadores para as ruas do país. A população se mobilizou para exigir transporte, educação, saúde, segurança e serviços públicos de qualidade, levando às ruas dezenas de reivindicações dos mais diversos segmentos da sociedade.  
 
Pauta de reivindicações estaduais: Piso Salarial Regional; Fim da Violência e Genocídio da Juventude negra; Combate à seca; Transporte público de qualidade, redução da tarifa e mobilidade urbana.
 
Pauta de reivindicações nacionais: Fim do Fator Previdenciário e recuperação do poder de compra dos aposentados; Jornada de 40 horas semanais, sem redução salarial; Reajuste digno para os aposentados; Mais investimentos em saúde e educação; Transporte público de qualidade; Fim do Projeto de Lei 4330 que amplia a terceirização; Reforma Agrária; Fim dos leilões do petróleo.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas