Política

Otto nega ida de Pinheiro para PSD e diz que senador não permite cooptação

[Otto nega ida de Pinheiro para PSD e diz que senador não permite cooptação]
09 de Maio de 2015 às 08:22 Por: Gilberto Júnior / Bocão News Por: Aparecido Silva (Twitter: @cydosylva)

Otto Alencar participou de velório do ex-senador Rodolfo Tourinho
 
O senador Otto Alencar (PSD) diz não existir nenhuma conversa sobre uma possível ida do senador Walter Pinheiro do PT para o PSD. Nessa semana foi veiculada na imprensa baiana a informação de que o petista deixaria o partido e se filiaria ao PSD.
 
Para conter a debandada do petista, Pinheiro assumiria a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE) que está vaga com a saída de James Correia e ainda seria alçado a candidato à prefeitura de Salvador nas eleições de 2016 como candidato do governo.
 
"Isso não existe. Nunca existiu, é uma grande mentira. Jamais tomaria a iniciativa de convidar, ate porque Pinheiro não é um homem público capaz de ser cooptado por interesses políticos ou materiais", rebateu o senador, em entrevista ao Bocão News.
 
"Eu vi e fiquei estarrecido com notícia porque eu nunca conversei com ele sobre vinda para o PSD", reforçou.
 
Alencar chegou a brincar dizendo que não compraria essa briga com o PT, partido aliado dos governos federal e estadual.  "Se eu fosse fazer algum trabalho para trazer o senador para o PT eu estaria cometendo uma grande burrice de trazer uma pessoa importante do PT e colocar o partido todo contra mim", afirmou.
 
O destino de Pinheiro começou a ser especulado após o petista demonstrar insatisfação com o governo federal e seu partido no modo de conduzir algumas questões como a econômica e política. Além do PSD, ja foi levantado a possibilidade de sua ida para o PSB, o que foi negado pelo parlamentar.
 
Matéria originalmente postada dia 8
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar