Política

Pressionado, Sílvio Pinheiro justifica licenciamento para prédio na Vitória

[Pressionado, Sílvio Pinheiro justifica licenciamento para prédio na Vitória ]
11 de Maio de 2015 às 10:25 Por: Marivaldo Filho (Twitter: @marivaldofilho)
Questionado pelos moradores da Vitória por causa da concessão de alvará  para construção de um prédio de dez andares na Rua Aloysio de Carvalho, o secretário municipal de Urbanismo, Silvio Pinheiro, alegou que a autorização da licença aconteceu "com base técnica".
O titular da pasta municipal, interrompido na audiência  pública por manifestações de populares, argumentou que a prefeitura, preventivamente, chegou a suspender o alvará para que todos os documentos do empreendimento fossem revisados.
 
"Tudo foi feito absolutamente de forma transparente e dentro da legalidade. Consultamos nossa assessoria jurídica. Depois de tudo devidamente analisado, seis meses depois, entendemos que a autorização para a construção deveria ser revalidada" , justificou Pinheiro. O secretário de Urbanismo ainda utilizou o relatório do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). 
 
"O documento apontou necessidade de ajustes nas obras, mas não fez nenhuma referência ou recomendação de suspender a licença para construção", argumentou Pinheiro.
 
Sobre a propriedade da área, Pinheiro afirmou que o local não é público, como foi alegado pelos moradores.
"Não existe nenhum impedimento legal. Se todos os documentos foram entregues, a prefeitura tem que autorizar", disse o secretário durante a audiência que ocorre na manhã dessa segunda-feira (11) na Câmara de Vereadores.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar