Política

Bira Coroa está desprestigiado no PT

[Bira Coroa está desprestigiado no PT]
21 de Junho de 2011 às 17:30 Por: Luiz Fernando Lima 0comentários
O deputado estadual Bira Coroa sofreu mais derrota na sua tentativa de conseguir ser indicado pelo PT para disputar o comando da prefeitura de Camaçari. Nesta tarde, a assessoria do prefeito Luiz Caetano enviou nota à imprensa, na qual nega que as lideranças da corrente – Moema Gramacho e Jones Carvalho – tenham declarado apoio ao parlamentar.

De acordo com o texto, a notícia de que os dois coordenadores haviam dado guarida ao deputado foi plantada. Moema, prefeita de Lauro de Freitas, e Jones, ouvidor geral do estado, não declararam apoio. Ao contrário, segundo a nota,  não houve nenhuma reunião para discutir a sucessão de Camaçari.

Para além, a Reencantar não tem nenhuma representação no município em questão.

Um deputado estadual petista consultado pelo Bocão News afirmou que nada será decidido agora. Que qualquer notícia que circule por nestes dias é passível de alteração. De acordo com ele, a eleição ainda está longe e a indicação só deve sair mesmo no início do próximo ano.

Nesta terça-feira, outra tendência petista, a Articulação de Esquerda (AE) manifestou-se sobre a disputa interna. Seus principais líderes – deputado federal Valmir Assunção e deputado estadual Marcelino Galo – declaram apoio ao atual prefeito Luiz Caetano, que está bancando a candidatura de Ademar Delgado.

Uma curiosidade nesta história toda é que diversas notas foram soltas para a imprensa pelos petistas e em todas elas se percebe uma coisa que, se não é uma falta de consideração, é uma indelicadeza, o nome do deputado federal Valmir Assunção é escrito errado (Walmir).

Confira a nota enviada pela assessoria do prefeito de Camaçari

A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, e o Ouvidor Geral do Estado, Jones Carvalho, negaram hoje (21/06) que o Coletivo Reencantar, tendência do PT da qual são coordenadores, tenha decidido apoiar o nome do deputado estadual Bira Coroa (PT) para disputar a sucessão do prefeito Luiz Caetano, em Camaçari, na eleição municipal do próximo ano.

A notícia, “plantada” na coluna Raio Laser da Tribuna da Bahia, edição de hoje (21/06), causou surpresa no PT de Camaçari e no diretório regional. Moema Gramacho negou que tenha havido reunião para tratar do assunto e disse que a Reencantar nem tem coordenação em Camaçari. Jones Carvalho ratificou a declaração da prefeita de Lauro de Freitas e afirmou que pessoalmente apóia o nome de Ademar Delgado para suceder Caetano.

O pré-candidato Ademar Delgado, além de ser o preferido do prefeito Luiz Caetano, conta com o apoio de mais de 90% das tendências do PT em nível municipal e estadual, mais os cinco vereadores do partido em Camaçari – José Marcelino, Margarida Galvão, Paulo Mendes, Teobaldo Ribeiro e João de Araújo – além de todos os 13 partidos da base aliada.

Já anunciaram apoio à pré-candidatura de Ademar Delgado as tendências e parlamentares CNB (Construindo um Novo Brasil), da qual fazem parte o presidente estadual do partido, Jonas Paulo, mais os deputados federais Josias Gomes e Zezéu Ribeiro, a EDP (Esquerda Democrática e Popular) de Nelson Pelegrino (federal) e Marial Del Carmen (estadual), a AE (Articulação de Esquerda) de Walmir Assunção (federal) e Marcelino Galo (estadual) e da deputada Luiza Maia, que é independente.

Foto: Edson Ruiz // Bocão News

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas