Política

Limpurb: prefeitura não tem como multar quem joga lixo no chão

[Limpurb: prefeitura não tem como multar quem joga lixo no chão]
01 de Novembro de 2013 às 09:15 Por: Lucas Esteves (Twitter: @lucasesteves)
A secretária Kátia Alves, que chefia a Limpurb, disse ao vivo no programa Se Liga Bocão da Itapoan FM que a empresa pública não tem condições de obedecer a nova lei que multa o cidadão que sujar as ruas atirando lixo no chão. A gestora disse respeitar a movimentação e as opiniões do vereador Marcell Moraes, criador da lei, mas que não concorda com ela.
 
De acordo com Kátia, a gestão ainda não tem estrutura suficiente para fazer o policiamento da determinação e também aplicar as multas nos soteropolitanos. Entretanto, o maior motivo para declinar da cobrança é outro. Ela atesta que a Limpurb ainda não presta um serviço digno da cidade e, por isto, não tem moral para cobrar nada.
 
“Eu, como gestora, digo agora para milhares de ouvintes que nós não temos condição de cobrar multa porque o serviço da Limpurb não é aquele que Salvador merece. Nós temos uma série de dificuldades com varrição, coleta em algumas áreas, especialmente onde temos dificuldade de acesso. Então eu não posso penalizar a população quando ainda não conseguimos prestar o serviço que a cidade merece”, defendeu.
 
Kátia Alves disse que não adianta importar o modelo de lei e punição do Rio de Janeiro porque as condições das duas cidades são totalmente diferentes. Enquanto no Rio há o apoio da Polícia Militar e a estrutura municipal estável há cinco anos, em Salvador a prefeitura acaba de iniciar o trabalho. Já a PM baiana, segundo ela, não consegue sequer defender o povo e não pode, portanto, puní-lo.

Nota oriignalmente postada às 19h do dia 31
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar