Salvador

Guarda Civil Municipal pede desculpas a motoboy agredido por agente na ACM

[Guarda Civil Municipal pede desculpas a motoboy agredido por agente na ACM]
12 de Setembro de 2018 às 15:58 Por: Divulgação/Prefeitura Por: Redação BNews

O diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência da Prefeitura, Maurício Lima, se encontrou com o motoboy agredido por guardas municipais e se desculpou oficialmente em nome da instituição em encontro na sede da corporação nesta terça-feira (12). Os guardas municipais envolvidos na agressão a Marcos Cardoso, ontem (11), na Avenida ACM, já foram afastados de suas funções externas e foi aberto um procedimento administrativo para punir os agressores, principalmente o que aplicou golpes no trabalhador. 

Segundo Maurício Lima, Marcos se convenceu de que a agressão foi um fato isolado: “Reconheço que foi um ato específico. Não deveria ter ocorrido, mas também não é justo generalizar o que me aconteceu como um procedimento de toda a corporação", declarou. 

"Em conversa com os diretores, foram me dadas todas as garantias de segurança e de que os responsáveis serão punidos. Disseram também que eu posso continuar com minha vida normal, sem medo, pois não se trata de um padrão dos agentes”, acrescentou o motoboy.

Maurício Lima disse que está prestando toda assistência necessária ao caso. "Explicamos ao Marcos sobre todas as providências que estão sendo tomadas em relação ao caso. Ele é um trabalhador que merece respeito, pois as desculpas são de todos os guardas, que querem estar sempre próximos à sociedade, e mostrar que não concordam com esse tipo de atitude", salientou.
 
De acordo com o diretor, os guardas passam por qualificação periódica, inclusive com apoio psicológico, buscando aprimorar o desempenho da corporação na atuação diária. Para tanto, os 1.263 agentes são regularmente treinados em oficinas, reuniões temáticas, rodas de conversas, palestras, cursos de educação à distância (EAD) e presenciais. 

Os guardas são periodicamente provocados a tratar com temas relacionados ao seu ofício de apoiar os órgãos municipais e proteger o patrimônio, desenvolvendo a melhor forma de servir à população. "Além disso, garantimos toda assistência psicossocial necessária aos agentes, de modo a assegurar a solução de possíveis problemas, sempre com o foco em oferecer o melhor trabalho à sociedade", enfatizou o diretor.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar