Salvador

“Primeiros disparos foram de borracha”, afirma Comandante do Bope sobre situação de PM na Barra

Vagner Souza/BNews

Caído ao solo, o soldado foi atingido por tiros de arma de fogo 

Publicado em 29/03/2021, às 09h58    Vagner Souza/BNews    João Brandão e Aline Reis

O Comandante do BOPE, Major Gledson, confirmou durante uma coletiva na manhã desta segunda-feira (29), que os primeiros disparos contra o soldado Soares foram de ‘borracha’ durante um episódio de surto do servidor no bairro da Barra, em Salvador, neste domingo (28). O policial não resistiu aos ferimentos.

“Para conter alguém mentalmente perturbado é complicado, primeiro utilizamos o elastano e quando ele caiu ao solo, fizemos disparos com arma de fogo em membros como braço e pernas. O que precisa ser entendido é que quando inicia um processo de violência contra o policial, ele tem que ser cessado com resposta à altura para não ter desdobramentos piores”, disse Major Gledson. 

Notícias Relacionadas: 
Vídeo: Policial que "surtou" na Barra é baleado 
Policiais ameaçam imprensa durante cobertura na Barra e atiram para cima; há feridos
PM que atirou na Barra pinta rosto de verde e amarelo e pergunta sobre pacto com Satanás
Em nota, PM diz que militar fardado teve “descontrole emocional” ao atirar para cima na Barra
Equipes da PM fazem operação para conter militar na Barra
PM "surta" em frente ao Farol da Barra e dispara tiros com fuzil; veja vídeo
PM foi perseguido por viatura antes de efetuar disparos no Farol da Barra
Ruas da Barra são interditadas após PM tocar terror atirando pra cima
Sindicato dos jornalistas pede explicações à PM-BA após policiais atirarem contra imprensa neste domingo
PM iniciou contagem regressiva antes de disparar "ao menos 10 tiros contra policiais", diz SSP

Classificação Indicativa: Livre