Salvador

Nova conciliação entre rodoviários e empresários para negociação salarial termina sem acordo

Vagner Souza/ Arquivo BNews

Com isso, o dissídio coletivo vai a julgamento na próxima sexta (11),

Publicado em 04/06/2021, às 17h34    Vagner Souza/ Arquivo BNews    Redação BNews

Terminou sem acordo mais uma tentativa de conciliação entre rodoviários e empresas de ônibus de Salvador - Plataforma Transportes SPE/SA e Ótima Transportes de Salvador - em audiência realizada nesta sexta-feira (4) no Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA). Com isso, o dissídio coletivo vai a julgamento na próxima sexta (11), às 9h30, em sessão que será transmitida no canal do TRT5-BA no YouTube.

Na audiência desta sexta, a presidente do TRT5-BA, desembargadora Dalila Andrade, ouviu as partes e reiterou a proposta apresentada no último encontro - de parcelamento do reajuste de 7,5%, correspondente ao INPC acumulado, em duas vezes, e a manutenção das conquistas anteriores. Com relação à revisão da compensação das horas extras, outro impasse nas negociações, o Tribunal propôs o pagamento de 50% das horas extraordinárias pelas empresas e compensação de 50% pelos trabalhadores.

A Justiça autorizou os rodoviários a deflagrarem greve, desde que 60% da frota de coletivos saia nos horários de pico (5h às 8h e das 17h às 20h) e 40% nos demais horários, conforme previsto em lei, caso a reunião desta sexta não tivesse acordo. Antes disso, a categoria já tinha ameaçado paralisar as atividades por, contudo, foi impedida judicialmente.

Classificação Indicativa: Livre