Salvador

Fábio Primo diz que ônibus só voltam a circular em Pero Vaz depois de reunião com a polícia nesta terça (20)

Reprodução/YouTube

Publicado em 19/07/2021, às 19h46    Reprodução/YouTube    Redação Bnews

O vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo, classificou o incêndio nesta segunda-feira (19) a um ônibus no bairro do Pero Vaz, em Salvador, como um “ato terrorista”. Em entrevista ao programa BNews Agora, da Piatã FM, ele afirmou que os coletivos só voltarão a circular no local após diálogo da entidade com a polícia, que vai acontecer na terça (20). 

“Quem queima patrimônio do povo não é só bandido, é terrorista. O veículo é de uma empresa privada, mas o uso dele é feito diariamente pela população. Mas agora os rodoviários não estão passando pela região e só vão voltar a circular por lá depois de uma conversa, que vai acontecer amanhã, com a polícia”, disse. 

No incêndio, um motorista de ônibus teve a perna queimada. Primo afirmou entender “o prejuízo que a não circulação no bairro causa às pessoas”, mas ponderou que “não há como tomar outra atitude quando um companheiro é ferido dessa maneira”. 

“Além disso, outro companheiro nosso foi queimado no ano passado na mesma região. O policiamento já foi reforçado na área, mas nós ainda não nos sentimos seguros”, explicou.

O vice-presidente do sindicato também deu mais detalhes sobre o estado de saúde da vítima do incêndio. “Ele já está em tratamento e recebe anestesia local constantemente, mas quando o efeito passa ele sente as dores. Não corre risco de vida, mas não podemos dizer que ele está bem. Bem ele estaria se estivesse agora trabalhando ao invés de em um hospital por causa de um crime.”

Classificação Indicativa: 12 anos