Salvador

Jovem Aprendiz Empreendedor passará a oferecer 600 vagas no próximo ciclo

Dinaldo Silva/ BNews

Representantes do Jovem Aprendiz Empreendedor e gestores da Prefeitura falaram sobre a importância do programa

Publicado em 13/05/2022, às 22h48    Dinaldo Silva/ BNews    Redação

No próximo ciclo, o programa Jovem Aprendiz Empreendedor, realizado em parceria entre a Prefeitura e o Parque Social, passará a oferecer 600 vagas – o dobro do número atual -, que possibilitará que mais jovens possam ter formação profissional cidadã no âmbito da administração municipal. O anúncio foi realizado pelo prefeito Bruno Reis nesta sexta-feira (13), durante o encontro de encerramento do ciclo 2020-2022, ocorrido no Palácio Thomé de Souza.

Também estiveram presentes na ocasião a vice-prefeita Ana Paula Matos, e a diretora-geral do Parque Social, Sandra Paranhos, dentre outras autoridades municipais. Além disso, os 260 participantes concluintes do programa vão receber o tablet através do qual realizaram as atividades on-line durante a pandemia.

Durante o evento, representantes do programa e gestores da Prefeitura falaram sobre a importância do programa e de como sua atuação ocorre de forma recíproca, capacitando e preparando os jovens para o mercado de trabalho, ao passo que forma novos profissionais para retroalimentar os quadros dos órgãos municipais. Os certificados de conclusão serão entregues, de forma virtual, na próxima semana.

O prefeito ressaltou que o Jovem Aprendiz Empreendedor é um programa de sucesso dentro da Prefeitura, e que a parceria com o Parque Social possibilita que os jovens possam ter uma formação voltada para o social e para a consciência cidadã. “É uma forma de os jovens definirem seus caminhos, conciliando formação educacional com a capacitação profissional. Permite que eles tenham a primeira oportunidade de emprego, conhecendo métodos e conhecimentos que irão contribuir muito para o próprio futuro”, avaliou Bruno Reis.

Leia também:

Alcance

"Quando cheguei não possuía nenhuma experiência prática. E em poucos meses consegui cumprir a primeira missão, passando a outras funções e hoje me sinto orgulhoso de fazer parte deste projeto, que é uma forma de adquirir experiência pessoal e profissional", relatou Gabriel Barbosa, de 16 anos.

Lotada na Secretaria Municipal de Educação (Smed), a estudante Ingrid Rodrigues, de 18 anos, considera o programa um divisor de águas em sua vida. "Esta é minha primeira experiência profissional. Foi essencial na minha vida, pois aprendi muita coisa que não sabia. Na parte prática consegui ativar em diversos setores e estou contente e agradecida por isso. Agora é continuar buscando crescimento pessoal e profissional", disse.

“Encerramos mais um ciclo desse projeto transformador, que tem mudado a vida de aproximadamente 1,5 mil jovens. Temos como um grande diferencial a orientação individual que oferecemos ao jovem para construção do seu projeto de vida. Nesse processo, os participantes também recebem orientação psicossocial, quando necessário, com envolvimento dos familiares. O Jovem Aprendiz Empreendedor representa uma grande oportunidade de desenvolvimento, crescimento e inclusão no mundo do trabalho”, destacou Sandra Paranhos.

Programação – O evento de conclusão do ciclo 2020-2022 do Jovem Aprendiz Empreendedor, intitulado “Uma Jornada Transformadora 2 – Juventude, Expectativas e Mercado de Trabalho” contou ainda com a palestra “O futuro começa hoje”, ministrada por Emilly Cerqueira, psicóloga e orientadora profissional de carreira, além de apresentações sobre oportunidades futuras e importância da continuidade do aprendizado, Plataforma Salvador Tech e programa Co.liga.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre