Salvador

Vídeo: Semop coloca grades na frente de mercadorias e gera revolta em feirantes

Joilson César / BNews

As grades foram colocadas, na madrugada desta quinta-feira (16), na Feira de São Joaquim

Publicado em 17/06/2022, às 11h25    Joilson César / BNews    Yasmim Barreto e Juliana Barbosa

Um trabalho árduo, geralmente passado de geração para geração, e que começa antes mesmo do dia amanhecer, os feirantes da tradicional Feira de São Joaquim, em meio às tantas dificuldades da profissão, ainda tiveram que enfrentar uma ação inesperada da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). De acordo com os trabalhadores do comércio informal, os agentes chegaram na madrugada desta quinta-feira (16), por volta das 4h, e colocaram grades na frente das mercadorias dos feirantes.

Há 74 anos trabalhando na feira, a dona Solange da Conceição relatou ao BNews que os agentes da Semop estavam “obrigando” os comerciantes a trabalhar dentro da feira, contudo, para eles, o local não suporta a quantidade de feirantes no local.

“Eles queriam tirar os feirantes daqui de fora e queriam botar a gente pra dentro e lá dentro não dá, porque é muita gente. Trouxeram os policiais, agora a gente tá acuada para vender”, disse a feirante, que já estava preparando o trabalho desde 1h da madrugada do mesmo dia.

Solange Conceição, feirante da Feira de São Joaquim

A ação gerou uma confusão e revolta por parte dos trabalhadores informais já que ação prejudicaria as vendas no local.

Assista as imagens o BNews teve acesso:

Ainda conforme dona Solange, a Prefeitura teria informado que todos os feirantes serão retirados de lá após os festejos juninos.

À reportagem, outra feirante, Elaine Araújo, que trabalha em São Joaquim há 10 anos informou: “eles chegaram umas 3h30, chegaram e colocaram as grades dizendo que foi a mando, a mando de quem ninguém sabe. Não tem condições da mercadoria ficar atrás e a grade na frente”, explicou Elaine.

Para ela, a ação da Semop é um desrespeito aos comerciantes locais já que inviabiliza as vendas e não foi acordado anteriormente.

“Fizeram tipo um curral. A gente não aceitou e tirou todas as grades”, completou.

Ao BNews, a Semop informou que ação teve o intuito de organizar a atuação dos trabalhadores em meio a um período de grande fluxo de pessoas. Ainda garantiu que ação foi realizada de forma pacífica e sem qualquer problema com os comerciantes.

Confira a nota na íntegra:
A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) tem realizado ações de ordenamento do comércio informal na área externa da Feira de São Joaquim, principalmente neste período do aumento do fluxo de pessoas resultante das proximidades do período junino, com vistas a garantir a circulação segura dos cidadãos e a atuação dos trabalhadores, de forma organizada, no local. A medida pretende, ainda, evitar que o movimento invada a área da rua e impacte no tráfego de veículos na via e no acesso ao Terminal de São Joaquim, o que poderia resultar em acidentes graves. A ação foi realizada pacificamente e não houve qualquer problema com os trabalhadores ou com a população.

LEIA MAIS:

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre