Saúde

Planos de Saúde dão dor de cabeça a usuários

Imagem Planos de Saúde dão dor de cabeça a usuários
Quase 60% dos clientes já enfrentaram algum problema com o serviço  |   Bnews - Divulgação

Publicado em 21/06/2011, às 18h21   Redação Bocão News


FacebookTwitterWhatsApp

Planos de saúde parecem estar dando muita dor de cabeça a seus usuários. De acordo com a pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada nesta terça-feira (21), quase 60%dos clientes já enfrentaram algum problema com o serviço ofertado no último ano.

A demora em conseguir atendimento em pronto-socorro, laboratório ou clínica é a queixa mais comum, apontada por 26% dos entrevistados. Em segundo lugar, aparece a pouca opção de profissionais, hospitais e laboratórios credenciados (21%). Além disso, 14% das pessoas ouvidas disseram que procuraram serviços do SUS (Sistema Único de Saúde) por negativa ou restrição de cobertura por parte do plano de saúde.

No entanto, 76% dos entrevistados afirmaram estar satisfeitos com os serviços. Segundo a Agência Brasil, o vice-presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Aloísio Tibiriçá, acredita que a satisfação dos usuários ocorre depois de terem sido atendidos pelos médicos. "Isso é depois que é atendido. O problema é chegar no médico, é o acesso", disse.

A pesquisa traz também um perfil sobre quem tem plano de saúde no país, grupo que soma mais de 45 milhões de brasileiros. Os usuários mais frequentes são da região Sudeste e das regiões metropolitanas das capitais. Em geral, o usuário tem alta escolaridade e renda familiar superior a três salários mínimos por mês.

O levantamento foi divulgado um dia após a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) definir prazos que as operadoras dos planos terão de cumprir para atender os pacientes. Por uma consulta básica, o usuário deverá esperar, no máximo, sete dias úteis.

A resolução da ANS não garante que o usuário será atendido pelo médico de sua escolha, mas sim por qualquer profissional credenciado da mesma especialidade. As regras passam a valer em setembro. A operadora que descumprir estará sujeita a pagamento de multa ou auditoria da agência reguladora.

O Datafolha ouviu 2.061 pessoas em 145 municípios, nos dias 4 e 5 de abril deste ano. Do total de entrevistados, 545 afirmaram possuir plano de saúde.

Informações Agência Brasil

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp