Ciência

GOL articula aquisição de 250 veículos elétricos voadores

Divulgação

Aeronaves elétricas são de decolagem e pouso vertical

Publicado em 23/09/2021, às 14h42    Divulgação    Redação BNews

A GOL Linhas Aéreas, em conjunto com o Grupo Comporte, uma entidade de seu acionista controlador, anunciou a assinatura de um protocolo de intenções não-vinculante com a Avolon. O objetivo é aquisição e/ou arrendamento de 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL).

O VA-X4 pode transportar até quatro passageiros e um piloto, com alcance de 160 km e velocidade máxima de 320 km/h. A aeronave eVTOL também produz 100 vezes menos ruído do que um helicóptero em voo de cruzeiro, e 30 vezes menos nos momentos de decolagem e pouso.

A Vertical usou a expertise de parceiros e fornecedores renomados e experientes na indústria aeroespacial, incluindo Honeywell, Microsoft, Rolls-Royce e Solvay, para desenvolver controles de voo avançados, tecnologia da informação, motores elétricos e tecnologia industrial de ponta em sua aeronave VA-X4.

Leia também:

Gol Linhas Aéreas volta a ser acusada da prática de preconceito contra passageiros

Preso fundador da Gol Linhas Aéreas

O primeiro passo da nova parceria, segundo o Passageiro de Primeira, é a realização de um estudo de viabilidade, incluindo a certificação da aeronave e análise da infraestrutura necessária para operar essa aeronave com a Agência Nacional de Aviação Civil, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo, e outras autoridades aeronáuticas nacionais e internacionais.

O acordo com a Avolon e o Grupo Comporte faz parte, também, da estratégia comercial da GOL de expandir seletivamente no mercado de transporte aéreo regional, abrindo novas rotas para mercados domésticos pouco atendidos. Essa decisão está em linha com o anúncio de junho/2021 em que a GOL adquiriu a MAP Transportes Aéreos com uma frota de ATRs de 70 assentos que operam em rotas na região amazônica, a partir do Aeroporto de Manaus, e nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, a partir de Congonhas, o maior aeroporto doméstico do país.

Classificação Indicativa: Livre