Artigo

Deixem Jesus...

Arquivo Pessoal

Publicado em 15/02/2021, às 10h44    Arquivo Pessoal    José Medrado

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, publicou uma montagem totalmente sem sentido e fake na data mencionada, para comentar o cancelamento do Carnaval em função da pandemia de coronavírus. Em suas redes sociais, sua excelência manipulou imagens para chamar a folia de “blasfêmia” contra Jesus. A montagem distorcida contém duas fotos: uma de um desfile em que um homem fantasiado de diabo arrasta Jesus Cristo, e outra do sambódromo do Anhembi, em São Paulo, vazio. A primeira imagem aparece com a data de 2020, já a outra tem a data de 2021. A postagem sugere que o cancelamento do Carnaval é um “castigo” de Deus, e o próprio ministro explicitou o seu entendimento, quando questiona e afirma: “Dá para entender quem manda? Ou tem que DESENHAR? Não sou contra o Carnaval, sou músico. Sou contra tripudiar e blasfemar o nosso Pai!”, escreveu Machado.

Porém, intencionalmente muitos fanáticos têm descontextualizado o encenação, inclusive o senhor ministro, primeiro que  a data da primeira foto foi alterada de propósito por   uma falsa relação  entre a “blasfêmia” contra Deus e o “castigo” do fim do Carnaval. A imagem do “diabo” arrastando Jesus é de um trecho do desfile da Gaviões da Fiel de 2019, e não 2020, e se trata de uma história que foi contada ao longo do desfile, que , ao final o diabo é derrotado. Ora, ora é tão fiel e se esquece  ou não sabe que na Bíblia, Marcos 1.12-13 e em Lc 4.1-13, Jesus é tentado e levado por ele à cidade santa, depois de instigá-Lo em provas. Quando esse povo fanático vai entender que Jesus não é um deu pagão, que pune, que privilegia quando quer, que Ele é amor e misericórdia.


O pior de tudo é que este senhor é ministro do Turismo e foi criticado por mentir e falar mal de uma das festas mais tradicionais e rentáveis do Brasil, que só em 2020 movimentou R$ 8 bilhões em atividades ligadas ao turismo e criou 25,4 mi empregos temporários, segundo estimativas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A Gaviões da Fiel rebateu a mentira do ministro com veemência, afirmando que o sambódromo está vazio por conta de vacinas e que o Carnaval nada tem a ver com isto.

* José Medrado é líder espírita, fundador da Cidade da Luz, palestrante espírita e mestre em Família pela UCSal. Também é apresentador de rádio.

Classificação Indicativa: Livre