Olimpíadas

Sob risco de vexame em casa, Brasil enfrenta a Dinamarca na Fonte Nova

Brasil deverá jogar com Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos

Publicado em 10/08/2016, às 07h00        Folhapress

O time mais badalado do torneio olímpico de futebol está sob risco de protagonizar um vexame histórico na Rio-2016. A seleção olímpica capitaneada por Neymar precisa vencer a Dinamarca nesta quarta-feira (10), às 22h, em Salvador, para garantir vaga nas quartas de final e evitar a eliminação na primeira fase.
O sinal de alerta sobre o estrelado time brasileiro veio após o empate por 0 a 0 com a fraca seleção sub-23 do Iraque. A seleção do técnico Rogério Micale ainda não fez gols em dois jogos na Olimpíada e pode ficar fora se tropeçar novamente contra os dinamarqueses.
O Grupo A tem a Dinamarca na liderança, com 4 pontos, e Brasil e Iraque empatados com 2 pontos e saldo de gols zerado. Com um ponto, a África do Sul é a lanterna, mas ainda tem chances de classificação se bater os iraquianos e a seleção não passar pelos dinamarqueses.
Uma vitória simples classifica o Brasil. Em caso de novo empate, a seleção estará eliminada se houver vencedor no duelo entre Iraque e África do Sul. Se as duas partidas terminarem empatadas, a vaga será decidida no saldo de gols entre brasileiros e iraquianos.
O maior problema do Brasil é justamente a péssima pontaria do time. Com o astro do Barcelona em péssima fase técnica -Neymar não balança as redes há seis jogos pelo Brasil, seja no time principal ou no olímpico-, nem mesmo o palmeirense Gabriel Jesus, atual artilheiro do Campeonato Brasileiro, consegue explicar a situação da equipe.
“É difícil explicar, não sei o porquê, estamos tentando. Não podemos nos esquecer que do outro lado há um adversário”, afirmou. “Temos uma batalha muito grande na quarta-feira e temos que ganhar de qualquer forma, com gol de barriga ou de bunda”, acrescentou.
Com a necessidade de vitória a qualquer custo e o péssimo desempenho ofensivo da equipe, Micale planeja mudanças no meio-campo. Felipe Anderson deve deixar o time para a entrada do gremista Luan. Já o volante Thiago Maia, suspenso, será substituído por Rodrigo Dourado.
Micale  não divulgou a escalação, mas o Brasil deverá jogar com Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Rodrigo Dourado, Renato Augusto e Luan; Gabriel, Neymar e Gabriel Jesus.

Classificação Indicativa: Livre