BNews Pet

Brincar com graveto pode ser perigoso para seu cachorro, explica Cãolunista

Pixabay

Cãolunista explica os perigos de brincar com graveto com seu cachorro

Publicado em 29/07/2022, às 06h00    Pixabay    Oreo, o Cãolunista

Voltei, meus fãs!! Após uma mini férias de uma semana, eu, o Cãolunista, estou de volta com muitas novidades sobre o mundo dos cachorros. E hoje a nossa cãoluna será sobre os perigos do graveto para a saúde do seu pet. Muitos tutores levam os cães a parques e praças e acabam jogando gravetos, troncos e outros pedaços de madeira para o animal se divertir - e pegar. Isso pode ser perigoso!!

[Colocar ALT]
Tequila brincando com graveto na pracinha

Minha amiga Tequila ama brincar de gravetos. Ela até tenta pegar pedaços de madeira maiores, que ficam empilhados para o forno a lenha, mas não consegue. É uma das brincadeiras favoritas dela. No entanto, por mais que ela esteja acostumada a pegar as madeiras com a boca, há risco. Eu vou explicar!! Já imaginou uma simples brincadeira divertida se tornar uma baita dor de cabeça? O que ocorre é que, além da possibilidade de o cachorro engasgar com o graveto, a madeira pode machucar a gengiva e a boca do animal, causando feridas e provocando infecções. Existe também o risco de o pedaço de galho ser engolido, causando lesões no estômago ou intestino do cachorro.

Minha instafriend Gaia se machucou com um graveto enquanto brincava na pracinha. A mãe humana dela jogou o pedaço de madeira e ela, eufórica, nem esperou ele parar no chão…já foi pegando no ar. O objeto acabou perfurando a garganta dela, que precisou passar por cirurgia e tudo!! 


Então, humanos, além do risco de machucados graves, os pedaços de madeira podem causar engasgos no pet. Vou dar uma dica pra vocês que aprendi esses dias: é possível ajudar um cachorro que está engasgado. Como? A primeira coisa é observar alguns sinais do engasgamento, porque o animal:

  • Balança a cabeça

  • Bate as patas na boca

  • Chora

  • Saliva em excesso

  • Mantém a boca aberta

  • Ameaça vomitar

  • Não para de se mexer

No entanto, se o pedaço de graveto ingerido não for grande o suficiente para causar incômodo no momento, o cão pode não manifestar nenhum dos sintomas acima, mas, mesmo assim, é possível perceber e retirar o objeto, uma vez que o cachorro ficará mais apático, sem apetite e com tosse. Para diferenciar a tosse do engasgo, verifique se o pet consegue engolir. Se ele conseguir, é pouco provável que esteja engasgado.

Mas, se perceber que se trata de um engasgo, não perca tempo e ajude o animal:

  • Observe se seu amigo peludo consegue vomitar sozinho. Caso ele consiga expelir o objeto, melhor. Depois do vômito, aguarde dois minutos para ver se ele está respirando sem dificuldades; 

  • Caso ele não melhore nesse período, tente olhar dentro da boca do animal. Aperte a boca do cachorro devagar, na articulação da mandíbula, mova a língua para o lado e tente localizar pedaço da madeira;

  • Se você conseguir enxergar o objeto, tente imediatamente retirá-lo;

  • Mas, se perceber que o cão começou a ficar roxo ou arroxeado, leve imediatamente para o veterinário.

Uma dica importante: mesmo se você chegar apenas ao primeiro dos itens acima, ou seja, se seu cachorro conseguir vomitar, leve ele ao veterinário. Reforço isso, porque há o risco de a madeira ter perfurado algum órgão do animal ou machucado a gengiva ou boca dele.

Agora, humano, se seu peludo não abrir mão da brincadeira do graveto, compre um de brinquedo para ele…de plástico resistente. Não coloque a vida do seu pet em risco!! Se previna! Eu volto na semana que vem com mais dicas sobre o maravilhoso mundo dos cachorros. Fui!!

Classificação Indicativa: Livre