Brasil

Sargento preso com 37kg de cocaína no avião da FAB se torna réu na Justiça Militar

Divulgação/FAB

Manoel Rodrigues foi preso em junho, na Espanha, ao ser flagrado com quantidade de droga avaliada em R$ 6,4 milhões

Publicado em 09/01/2020, às 15h49    Divulgação/FAB    Redação BNews

Manoel Silva Rodrigues, segundo-sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) preso com 37kg de cocaína na aeronave institucional ao desembarcar na Espanha em junho do ano passado, virou réu na Justiça Militar.

A denúncia contra ele, oferecida pelo Ministério Público Militar (MPM), foi acatada pelojuiz federal da Justiça Militar, Frederico Magno de Melo Veras, titular da 2ª Auditoria da 11ª Circunscrição Judiciária Militar (11ª CJM).

Manoel Rodrigues foi preso no dia 25 de junho, na Espanha, ao ser flagrado transportando 37kg de cocaína, avaliada em cerca de R$ 6,4 milhões, no avião da FAB em que viajava.

O promotor da Justiça Militar, Jorge Augusto Caetano de Farias, da 2ª Procuradoria de Justiça Militar em Brasília, fez a denúncia à União pelo crime de tráfico internacional de drogas. O crime, contudo, não é previsto pelo Código Penal Militar (COM), e, o caso deve ser enquadrado como possível crime de natureza militar por extensão, de acordo com informações do UOL.

Classificação Indicativa: Livre