Cidades

Superação de mulher com 'ossos de vidro' é relatada por cineasta baiano

Divulgação

Segundo Dado Galvão, o vídeo é uma reflexão sobre determinação, superação, coragem, inclusão, trânsito, mobilidade e bicicletas

Publicado em 27/05/2019, às 07h22    Divulgação    Redação BNews

A história de superação da pedagoga e cadeirante Andréa Correa, que mora no município de Jequié, no centro-sul baiano, é retratada no documentário ‘Rodas da Liberdade’, dirigido pelo cineasta baiano Dado Galvão. 

“Nasci com uma deficiência chamada osteogênese imperfeita, caracterizada por ossos frágeis, conhecida como ossos de vidro. Desde criança, tive muita dificuldade de locomoção, não só por não conseguir andar, como também pelos problemas impostos pela própria deficiência. Devido à fragilidade óssea, era necessário muito cuidado para me locomover”, relata a protagonista de “Rodas da Liberdade”. 

Segundo Galvão, o documentário é uma reflexão sobre determinação, superação, coragem, inclusão, trânsito, mobilidade e bicicletas.

“Foi em uma cotidiana pedalada noturna pelas ruas de Jequié, que o documentarista e ciclista Dado Galvão, conheceu a pedagoga. Da abordagem feita no trânsito, para tirar uma foto, nasceu Rodas da Liberdade”, lembra o cineasta.

Veja o documentário:


Classificação Indicativa: Livre