Cidades

Conquista: Herzem entrega dossiê contra Guilherme para Lúcio

Gusmão buscou a Justiça tentado cancelar a posse do petista e do socialista

Publicado em 22/01/2013, às 09h23        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

O presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima, acredita na cassação do mandato do prefeito Guilherme Menezes (PT) e do seu vice, Joás Meira (PSB) em Vitória da Conquista, no sul da Bahia. “Vamos até o final. A justiça está ai para ser cumprida e o que o prefeito Guilherme Menezes fez é um fato sério”, disse o deputado federal ao Blog do Anderson.
Conforme já foi anunciando anteriormente, o radialista Herzem Gusmão, candidato a prefeito de Conquista nas últimas eleições municipais, ingressou com uma ação pedindo a suspensão da diplomação de Guilherme Menezes e Joás Meira, prefeito e vice-prefeito eleitos em segundo turno no ano passado. 
De acordo com Gusmão, a ação movida contra a “Frente Conquista Popular”, chapa que reelegeu o prefeito Guilherme para o seu quarto mandato e o quinto do Partido dos Trabalhadores, “está fundamentada em condutas vedadas praticadas pelo prefeito, pelo Partido dos Trabalhadores em Vitória da Conquista”. 
Ainda segundo o blog, Gusmão buscou a Justiça tentado cancelar a posse do petista e do socialista, mas não conseguiu, e agora recebe o apoio dos irmãos Lúcio e Geddel Vieira Lima, pérolas do Partido do Movimento Democrático Brasileiro que abrigou Herzem após uma rápida passagem pelo do PSDB, partido pelo qual foi derrotado em 2008, para o mesmo prefeito Guilherme Menezes.

Classificação Indicativa: Livre