Cidades

Vídeo: guardas municipais expulsam professores da Prefeitura de Feira de Santana

Reprodução/ Vídeo

Guardas municipais forçaram a entrada e, em seguida, a saída dos educadores, usando extintores de incêndio

Publicado em 31/03/2022, às 23h58    Reprodução/ Vídeo    Redação

A greve dos professores de Feira de Santana não completou nem 24 horas e já ganhou mais um capítulo violento nesta quinta-feira (31). Depois de serem recebidos com spray de pimenta na Prefeitura, por guardas municipais, durante a tarde, os professores resolveram ocupar o prédio, o que não deu muito certo ao chegar a noite.

O problema, no início, foi o escuro. As luzes foram desligadas, mas os professores se mantiveram no prédio, até que guardas municipais forçaram a entrada e, em seguida, a saída dos educadores, usando extintores de incêndio. Veja os vídeos registrados pelos manifestantes do momento da invasão:

Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito de Feira, Coberlt Martins (MDB) se posicionou contra a greve, afirmando que já se comprometeu a pagar o piso da categoria. “Uma greve neste momento, prejudica o nosso diálogo e também os alunos, que acabaram de retomar as aulas presenciais e o ano letivo”, disse o prefeito.

Sobre as situações de violência, Colbert disse se tratar de um caso isolado: “as imagens que estão circulando em todos grupos da cidade hoje, criam um clima de terror e caos que não faz parte da maneira como estamos conduzindo este processo. O episódio de hoje representa uma situação isolada, que nós combatemos veementemente. Seguiremos buscando junto aos profissionais de educação o diálogo aberto e pacífico”, finalizou o prefeito.

Nas redes sociais do Blog de Feira, há informações de que ao dar entrevistas para as rádios locais o prefeito afirmou que Procuradoria do Município irá recorrer ao Ministério Público a ilegalidade da greve dos professores e lembrou da suspensão dos salários na greve de 2018.

Confira o posicionamento do prefeito na íntegra:

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre