Coronavírus

Durante seu 5º pronunciamento em 68 anos de reinado, Elizabeth aborda combate ao coronavírus

Reprodução/Palácio de Buckingham

Matriarca da família real agradeceu aos profissionais de saúde, responsáveis pela manutenção de serviços essenciais e àqueles que permanecem em suas casa

Publicado em 05/04/2020, às 16h42    Reprodução/Palácio de Buckingham    Redação BNews

Em seu quinto pronunciamento em 68 anos de reinado, a rainha Elizabeth falou neste domingo (5) sobre o combate a pandemia do novo coronavírus. Durante pronunciamento exibido em rede de cadeia nacional, e posteriormente disponibilizado nas redes sociais da família real, a rainha avaliou que este é um momento de "perturbação".

O Reino Unido não deverá suspender suas medidas de isolamento social até o final do próximo mês de maio, quando a disseminação do coronavírus deve começar a desacelerar. De acordo com as autoridades de saúde do país, no último sábado (4), o número de mortos pela doença havia subido para 4.313.

"Uma perturbação que trouxe tristeza para alguns, dificuldades financeiras para muitos e enormes mudanças para a vida cotidiana de todos nós", avaliou. Elizabeth agradeceu aos profissionais do Serviço Nacional de Saúde (NHS), e todos os trabalhadores que seguem na linha de frente dos serviços essenciais para o país durante a pandemia.

Ela também demonstrou sua gratidão a todos os cidadãos que seguem em casa, "ajudando a proteger os vulneráveis e poupando a muitas famílias a dor já sentida por aqueles que perderam entes queridos". "Juntos estamos enfrentando esta doença e quero garantir que, se permanecermos unidos e resolutos, vamos superá-la. Espero que nos próximos anos todos possamos nos orgulhar de como respondemos a esse desafio", desejou.

Classificação Indicativa: Livre