Coronavírus

São João 2021 está ameaçado, prevê subsecretária da Saúde da Bahia

Divulgação

“Se continuarmos em uma vacinação conta gotas existe sim essa possiblidade", disse

Publicado em 23/02/2021, às 10h02    Divulgação    Redação BNews

Os festejos juninos de 2021 estão ameaçados. O cenário foi previsto pela subsecretaria da Saúde da Bahia, Tereza Paim, durante entrevista a Zé Eduardo na Rádio Metrópole nesta terça-feira (23). Depois do ano passado quando a pandemia atingiu o auge no meio do ano, o percurso de previsão para este ano e a nova crise instaurada no sistema de saúde com o avanço lento da vacinação pode provocar novos cancelamentos de eventos provocadores de aglomerações, inclusive o São João. 

“Se continuarmos em uma vacinação conta gotas existe sim essa possiblidade. Se a população não entender que não dá para aglomerar para controlar a doença é possível. Se não houver imunização, não haverá essa normalidade. O vírus tem mutações e está se adaptando”, disse. 

Neste ano diversos eventos foram cancelados como a Lavagem do Bonfim, a Festa de Yemanjá e o Carnaval de Salvador. 

Em entrevista à Tribuna da Bahia, o secretário da Saúde de Salvador, Léo Prates, chegou a afirmar que as eleições 2022 devem ocorrer em período de pandemia. 

“Sim, existe (chance de a eleição ocorrer na pandemia). Mas não é grande não, porque precisamos vacinar 70% da população. Acho difícil não conseguir até agosto do ano que vem”, avaliou Prates.

Classificação Indicativa: Livre