Coronavírus

Marcelo Queiroga: "A imprensa é uma aliada"

Reprodução/TV

Futuro ministro defende trabalho de jornalistas em coletiva de imprensa

Publicado em 16/03/2021, às 17h45    Reprodução/TV    Henrique Brinco

O futuro ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, defendeu que a imprensa é uma aliada na luta contra a Covid-19. A fala vai na contramão do próprio governo Jair Bolsonaro, marcado por ataques constantes contra jornalistas.

"A imprensa é uma grande aliada das autoridades sanitárias do Brasil, porque é através de vocês e da crítica de vocês que nós vamos conseguir melhorar o nosso desempenho", declarou, em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (16), ao lado do ministro demissionário Eduardo Pazzuello.

Queiroga defendeu o uso de máscara e álcool em gel e afirmou que terá uma agenda de união da nação. "Estou muito entusiasmado, conversei com a equipe do ministério da Saúde, para que possamos reforçar as medidas que já estão colocadas em prática e trazer novas contribuições", bradou.

"Eu sei a grande responsabilidade que tenho, eu sei que sozinho não vou fazer nenhuma mágica e não vou resolver os problemas da saúde pública que nós temos. Mas eu tenho certeza que nós teremos a ajuda dos brasileiros para executar as políticas públicas do interesse da população e com isso ter um resultado, é, mais desejável no enfrentamento da pandemia da Covid-19", pediu.

Leia também:
Pazuello sobre Marcelo Queiroga: "Não é uma transição, é um só governo"

Classificação Indicativa: Livre