Coronavírus

Fiocruz recomenda que Carnaval de Salvador só aconteça caso 90% da população esteja vacinada com duas doses contra Covid-19

Divulgação/Secom

Apesar de ressalvas, Instituto acredita que anunciar a folia pode ajudar a intensificar a vacinação

Publicado em 23/11/2021, às 19h54    Divulgação/Secom    Redação BNews

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Bahia) recomendou que o Carnaval de Salvador aconteça em um cenário onde 90% da população seja vacinada em segunda dose contra a Covid-19. A Fiocruz também cobra restrições para quem decidir não se vacinar. A recomendação foi feita através de um ofício enviado à Comissão Especial de Acompanhamento da Retomada dos Eventos da Câmara Municipal de Salvador

No ofício, aFiocruz escreveu: “Temos trabalhado com o parâmetro de pelo menos 80% das pessoas com esquema vacinal completo para se ter maior segurança. Considerando que o carnaval é um evento de massa, com muitas aglomerações e circulação de pessoas (de outros estados e países), consideramos muito importante que a vacinação tenha avançado mais ainda, com pelo menos 90%”. O documento foi assinado pela Diretora do Instituto Gonçalo Moniz, Marilda de Souza Gonçalves, da Fiocruz-Bahia.

O documento ainda ressaltou que, apesar do cenário estar melhorando no Brasil, ainda não há uma garantia que permanecerá dessa forma. “A primeira questão é que tudo dependerá do cenário no período que antecede o Carnaval, a partir de janeiro. Embora o cenário no Brasil esteja melhorando, não temos nenhuma garantia de que irá permanecer do mesmo modo, como está ocorrendo agora na Europa. Há ainda muitas incertezas e tudo dependerá da evolução da pandemia nos próximos meses”, explicou o documento. 

Apesar das recomendações, o Instituto disse acreditar que a divulgação do Carnaval pode ser uma forte aliada para a intensificação da vacinação. “Neste sentido, seria importante que qualquer programação para o carnaval, e sabemos da necessidade de uma programação antecipada, poderia ser encarada como uma oportunidade para estimular a vacinação das pessoas, principalmente dos jovens”, afirmou.

Matérias Relacionadas:

Carnaval: Friocruz teme que Brasil vire paraíso dos antivacina
"Rui Costa está numa situação difícil", diz Adolfo Menezes sobre polêmica do Carnaval
Rui Costa detona "pressa descabida" pelo Carnaval: "Não vamos jogar trabalho fora"
Conselho de Saúde da Bahia divulga recomendações para Carnaval; confira
"Vai ter, sim, Carnaval", diz Comandante de Operações da PM-BA
Rui Costa se posiciona contra Carnaval em 2022 e ironiza: 'vai ter com todo mundo usando máscara'

Classificação Indicativa: Livre