Justiça

Força da Segurança Pública tem que se fazer presente para garantir ir e vir, diz novo ministro da Justiça

Marcos Corrêa/PR

Publicado em 06/04/2021, às 16h09    Marcos Corrêa/PR    Folhapress

O novo ministro da Justiça, Anderson Torres, disse que é preciso que "a força da Segurança Pública" se faça presente para garantir "um ir e vir sereno", em seu discurso de posse em cerimônia fechada nesta terça-feira (6).

"Neste momento, a força da Segurança Pública tem que se fazer presente garantindo a todos um ir e vir sereno e pacífico. Contem com o Ministério da Justiça e Segurança Pública para dar esta tranquilidade", afirmou Torres.

A declaração do ministro se dá em meio a embates entre o governo federal e governos estaduais em torno da adoção de medidas de restrição, entre elas o lockdown e o toque de recolher, para conter o avanço da pandemia de Covid-19.

No vídeo do discurso, liberado pelo Palácio do Planalto somente após o fim da cerimônia, o ministro também faz coro ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao dizer que "precisamos trazer de volta a economia deste país, precisa colocar as pessoas para trabalhar" e ao manifestar temor de agravamento da crise social.

"Tenho muito medo de crises maiores decorrentes de fome, desemprego e outros problemas neste sentido", afirmou.

Classificação Indicativa: Livre