Justiça

Britney Spears diz que tutela é desmoralizante: 'Quero minha vida de volta'

Reprodução / Instagram

A cantora fez um discurso apaixonado perante um juiz de Los Angeles

Publicado em 24/06/2021, às 12h12    Reprodução / Instagram    Folhapress

Depois de anos de silêncio sobre o assunto, Britney Spears, 39, finalmente falou, nesta quarta-feira (23), sobre sua tutela durante uma audiência remota sobre a ação que move contra o pai James P. Spears, 68, seu tutor desde 2008.

Britney Spears fez um discurso apaixonado perante um juiz de Los Angeles, criticando duramente seu pai, enquanto seus pais e advogados ouviam. “Eu estive em negação. Eu estive em choque. Estou traumatizada”, disse Spears, durante a audiência remota. "Eu só quero minha vida de volta".

A cantora disse que quer que a tutela termine "sem ter que ser avaliada". “Eu realmente acredito que essa tutela é abusiva”, disse a cantora. “Não sinto que posso viver uma vida plena.”

No início, Britney se opôs ao fechamento da audiência ao público. “Eles fizeram um bom trabalho explorando minha vida”, disse ela, conforme relatado por Nancy Dillon do New York Daily News . “[Deve] ser uma audiência pública e eles devem ouvir e ouvir o que tenho a dizer.”

Ela disse ao tribunal que se sentiu “escravizada” por seu pai, Jamie Spears. “Estou com tanta raiva que não consigo dormir e estou deprimida”, disse ela, de acordo com Entertainment Tonight . “Eu quero ser ouvida. Eu quero mudanças e quero mudanças no futuro. Eu mereço mudanças”, disse a cantora.

Britney disse ainda ao tribunal que deseja ter mais filhos, mas foi impedida de fazê-lo. “Eu tenho um DIU em meu corpo agora que não me deixa ter um bebê e não me deixam ir ao médico para retirá-lo”, disse ela, por ET . “Eu quero poder me casar e ter um filho. Disseram-me com a tutela que eu não era capaz de me casar e ter um filho”.

As finanças e assuntos pessoais da estrela de 39 anos têm sido gerenciados pelo pai Jamie Spears desde que ela teve um colapso nervoso em público há mais de uma década, o que fez com que nos últimos anos milhares de fãs lançassem a campanha online #FreeBritney.

No entanto, a cantora expressou muito mais oposição à tutela legal sobre sua vida e suas finanças do que era sabido até agora. Segundo documentos confidenciais obtidos pelo New York Times, a cantora reclamou inúmeras vezes das restrições impostas pelo pai, e questionou a aptidão dele para administrar a carreira dela.

Ela também contou que o pai estava "obcecado" por ela e que não podia sequer fazer amigos sem a aprovação dele. Segundo ele, Britney disse que era "muito, muito" controlada pelos responsáveis e que gostaria de encerrar a tutela o mais rápido possível. Ela afirmou a um investigador em um relatório de 2016 que sentia que a tutela havia se tornado uma ferramenta opressora e de controle sobre ela.

"Ela está 'cansada de ser explorada' e disse que é ela quem trabalha e ganha dinheiro, mas todos ao seu redor estão em sua folha de pagamento", diz o documento. Na época, ela disse receber uma mesada semanal de US$ 2.000 (cerca de R$ 10 mil), embora tivesse contratos milionários.

Ela afirmou também que, sob a tutela, ela vivia "com muito medo". Caso cometesse qualquer erro, as consequências eram "muito severas". Além disso, em 2019, ela disse ter sido forçada a se internar em uma instituição psiquiátrica. E também contou que tinha que se apresentar contra a própria vontade.

Mesmo assim, o relatório recomendou a continuidade da tutela. O documento, no entanto, falava em abrir caminho para a independência no futuro.

Britney também questionou a aptidão do pai para cuidar da carreira dela e da fortuna de US$ 60 milhões (quase R$ 300 milhões). Em 2014, o advogado dela apresentou uma lista de queixas a respeito dele, entre as quais a alegação de que ele tinha problemas com o álcool.Os representantes do pai de Britney não quiseram comentar o assunto ao jornal.

Considerada incapaz de cuidar de si própria, a cantora está sob tutela desde 2008, quando foi hospitalizada para um tratamento psiquiátrico. Isso ocorreu após um colapso amplamente repercutido pela imprensa.

Desde então, o pai e a equipe dela diziam que tudo estava funcionando bem e que a cantora era livre para pedir o fim da tutela, se assim o quisesse. Britney, por sua vez, manteve o silêncio e não fez manifestações públicas sobre o assunto.

ENTENDA O QUE É TUTELA

A tutela é um arranjo jurídico complexo normalmente reservado para idosos, doentes ou enfermos. Um representante é designado para administrar os negócios e bens da pessoa se ela for considerada incapaz de cuidar de si mesma ou suscetível à influência externa ou manipulação.

As tutelas são projetadas para ser um último recurso necessário para proteger os vulneráveis. Britney Spears vive sob uma tutela desde 2008, após uma série de colapsos públicos que foram registrados pelos paparazzi sempre presentes e pela mídia.

O pai da cantora foi nomeado seu tutor, mas está afastado desde 2019 devido a problemas de saúde. Atualmente, um tutor profissional ocupa seu lugar temporariamente.

CONFIRA OS PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS DA VIDA DE BRITNEY SPEARS

1992 – Escalada para o programa de televisão "The Mickey Mouse Club" com Justin Timberlake, Christina Aguilera e Ryan Gosling.

1997 – Assina um contrato de gravação com 15 anos.

1998 – Lança o primeiro single, "... Baby One More Time", que lidera a parada Billboard Hot 100 durante duas semanas. No ano seguinte, seu disco de estreia homônimo lidera as paradas em 15 países.

2000 – O segundo disco de estúdio, "Oops!... I Did It Again", bate recordes. Britney confirma estar namorando Justin Timberlake.

2002 – Britney estrela seu primeiro filme, "Crossroads: Amigas para Sempre." Seu relacionamento com Timberlake termina.

2004 – Casa-se com o amigo de infância Jason Alexander, e o casamento é anulado três dias depois. Nove meses mais tarde, casa-se com o dançarino Kevin Federline.

2007 – Britney entra e sai de clínicas de desintoxicação duas vezes em questão de dias, raspa a cabeça e volta a se internar.

2008 – A cantora é hospitalizada duas vezes na ala psiquiátrica e é sujeita a uma tutela por meio da qual seu pai e um advogado assumem o controle de seus assuntos pessoais e comerciais.

2013 – Inicia um período de dois anos de apresentações em Las Vegas que é renovado por mais dois anos.

2019 – Anuncia um "hiato de trabalho por tempo indeterminado e se interna em uma clínica de saúde mental".

Abril de 2021 – Por meio do advogado, Britney pede para se dirigir pessoalmente à corte encarregada de sua tutela.

Classificação Indicativa: Livre