Justiça

Rui Costa processa prefeito de Uruçuca e pede R$ 23 mil em indenização; veja motivo

Vagner Souza/BNews

Publicado em 20/10/2021, às 18h50    Vagner Souza/BNews    Eliezer Santos e Victor Pinto

O governador Rui Costa (PT) pede na Justiça uma indenização de R$ 23 mil por danos morais em um processo que move contra o prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite (DEM), no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

A defesa alega que o chefe do Executivo baiano teve a honra ofendida a partir das declarações feitas pelo prefeito durante uma entrevista de que Rui foi eleito usando dinheiro que teria sido desviado na ocasião da construção da sede da Petrobras, na Pituba, em Salvador.  

Leia também:Justiça determina prisão do advogado acusado de matar namorada em Batalhão da PM

“Ao seu PT, partido que mais roubou no brasil, o partido que... o senhor foi eleito com o dinheiro roubado da Petrobras, da construção da sede da Petrobras na Pituba, Governador Rui Costa, o senhor foi eleito com esse dinheiro que o Governador Jacques Wagner Roubou e usou para eleger o senhor, Vossa Excelência Governador Rui Costa!” [sic], diz trecho do processo, ao qual o BNews teve acesso com exclusividade.

Segundo a defesa do governador, o fato de Moacyr ter dito tais coisas na condição de prefeito “inquestionavelmente contribuiu para que tal filmagem fosse amplamente divulgada pela mídia local, acentuando o grau de ofensa à moral do Acionante”.

Leia mais

"Auxílio Brasil começa a ser pago em Novembro", confirma Ministro da Cidadania

Além da indenização, Rui pede ainda que a Justiça condene o réu a pagar honorários e custas judiciais.  
Procurado pela reportagem, o prefeito Moacyr Leite afirmou que não foi notificado oficialmente do processo, mas que seus advogados já tiveram acesso à consulta virtual. 

“O governador está dando um valor muito baixo à sua moral. Pediu 23 mil reais só. A moral do governador é barata assim?”, ironizou o prefeito.

“Se ele está dizendo que não foi pra ele, esse dinheiro foi pra onde?”, emendou o gestor.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre