Justiça

Dependente químico? Justiça analisa se preso por roubar pais de Biancardi pode responder pelo crime

Reprodução redes sociais/Divulgação PC
Defesa alega que, por jovem ser dependente químico, deve ser considerado inimputável pelo Tribunal  |   Bnews - Divulgação Reprodução redes sociais/Divulgação PC

Publicado em 02/07/2024, às 12h10   Cadastrado por Sanny Santana



O jovem Eduardo Seganfredo Vasconcelos, de 20 anos, preso por assaltar os pais da influencer e ex-companheira de Neymar, Bruna Biancardi, será avaliado por um perito, conforme decisão da juíza Andressa Martins Bejarano, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), publicada na segunda-feira (1º).

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp.

A decisão da Justiça se deu após pedido da defesa do rapaz, que tenta demonstrar que ele seria dependente químico e, portanto, deve ser considerado inimputável pelo Tribunal, ou seja, incapaz de responder pelos seus crimes.

A defesa afirma ainda que o jovem tem "histórico de dependente químico crônico, todos envolvendo drogas, e por isso existem dúvidas razoáveis acerca da higidez mental do acusado".

Diante disso, o jovem deverá ser avaliado pelo perito e o Ministério Público de São Paulo (MPSP) deverá apresentar os quesitos à Justiça em até três dias. O advogado de Eduardo também poderá formular perguntas que devem ser respondidas na análise.

Seganfredo assaltou os pais da influenciadora em novembro de 2023, invadindo a casa do casal em Cotia, na Grande São Paulo. Ele, junto a outros dois criminosos, amarraram os Biancardi com cardaços de tênis e os mantiveram reféns por cerca de 25 minutos.

Foram levados pelos ladrões três bolsas de luxo, cada uma avaliada em R$ 20 mil, além de relógios e joias de Bruna e Mavie, filha da influencer com Neymar. O suspeito foi preso em flagrante e assumiu o crime. 

À Polícia Civil, as vítimas contaram que os ladrões estavam com duas armas de fogo e diziam que sabiam que eles eram "sogros de Neymar" e que tinham dinheiro. Também perguntaram pelo paradeiro de Biancardi, que não estava em casa, e ameaçaram jogar óleo fervendo no rosto da mãe da blogueira.

Um dos comparsas, Pedro Henrique dos Santos Vasconcelos, o Urso, de 18 anos, é considerado foragido. Já o terceiro assaltante foi identificado apenas como 'Europa'. Os objetos roubados, segundo Eduardo, teriam ficado com esse suspeito.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp