Economia e Mercado

O que fazer com R$1 trilhão?

A pergunta é dirigida aos gestores públicos que administram os recursos oriundo dos impostos

Publicado em 16/10/2010, às 09h44        Luiz Fernando Lima

Dentro de dez dias os brasileiros vão ter pagado um trilhão de reais em impostos aos governos federal, estaduais e municipais. A projeção é feita pela Associação Comercial de São Paulo, que realiza a medição através do site. Do primeiro dia do ano até este sábado (16) já foram arrecadados mais de R$ 961 bilhões no Brasil. Na Bahia, o número está próximo aos R$11 bilhões.

A diferença entre o quantitativo de impostos arrecadados entre os estados de São Paulo e da Bahia é absurda. Os paulistas já entregaram aos cofres públicos mais de R$ 79 bi. Quando a comparação é regional, os baianos continuam sendo os maiores contribuintes para a máquina pública. Em Pernambuco foram arrecadados R$ 6 bi, em Sergipe pouco mai de R$ 1.3 bi.

Os sergipanos todos pagaram de impostos três vezes menos o que os cidadãos de Salvador contribuíram até este dia 16, algo em torno de R$ 4.3 bi.

Mas as perguntas que ficam são: para onde está indo todo este dinheiro? Os serviços públicos estão sendo prestados satisfatoriamente? Há desvio de recursos?

Estas reflexões são propostas pelos organizadores do impostômetro. Fica a dica do Bocão News.

Classificação Indicativa: Livre