Economia & Mercado

Americanas busca estratégia para recuperar dinheiro de esquema de ex-diretores

Tânia Rêgo/Agência Brasil
A decisão depende da conclusão das investigações sobre os ex-diretores da Americanas  |   Bnews - Divulgação Tânia Rêgo/Agência Brasil

Publicado em 05/07/2024, às 07h56   Pedro Moraes



A Lojas Americanas analisa uma estratégia para recuperar os bônus pagos aos ex-executivos envolvidos no escândalo. Para isso, a companhia espera a conclusão das investigações para entrar na Justiça contra os ex-gestores  da companhia. Eventualmente, eles foram acusados de participar da fraude de R$ 25,2 bilhões na varejista. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp.

Caso a participação dessas pessoas no esquema fraudulento for confirmada, os bônus de até 10 anos, foram quitados ilegalmente. Essa é a tese trabalhada pela empresa, de acordo com informações do portal Metrópoles. 

Até então, não existe uma estimativa do valor total dos bônus pagos aos ex-executivos. Somente em 2022, por exemplo, eles somaram quase R$ 7,9 milhões. As investigações contaram com participações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF).  Por outro lado, ninguém foi acusado formalmente pelas fraudes na companhia. 


Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp