Economia

Santander anuncia mexicano Héctor Grisi como novo presidente a partir de 2023

Divulgação / Dele Oke - Pixabay

Mexicano substituirá José Antonio Álvarez, ex CEO da empresa

Publicado em 17/06/2022, às 17h16 - Atualizado às 17h50    Divulgação / Dele Oke - Pixabay    Cristiane Gercina/Folhapress

O banco Santander anunciou, nesta sexta-feira (17), o mexicano Héctor Blas Grisi Checa, 55 anos, como novo presidente mundial da empresa a partir de janeiro de de 2023. Grisi é hoje o atual presidente do Santander no México e chefe da região norte-americana da companhia.

O mexicano substituirá o executivo José Antonio Álvarez, que ingressou no grupo em 2002 e, em 2015, tornou-se CEO da empresa. Após o período de transição, Álvarez seguirá no conselho de administração como vice-presidente não executivo.

Grisi começou sua carreira no Santander em 2015, como presidente da empresa no México. Em 2019, passou a ser responsável pelas operações em toda a América do Norte, trazendo grandes lucros à companhia. Em 2021, o Santander US, dos Estados Unidos, foi o responsável pelo maior lucro do banco em euros no mundo, passando à frente de um posto que era do Santander Brasil.

Com o anúncio, as ações do banco espanhol tiveram alta de 1%. Ana Botín, que segue como presidente-executiva do Santander, agradeceu os 20 anos de trabalho na empresa prestados por Álvarez e deu as boas-vindas a Grisi. "Tenho muita confiança no Héctor. Acumula décadas de experiência e um conhecimento profundo de nossos mercados e nossas linhas de negócios", diz Ana.

Leia também:

INSS libera aposentadoria para pessoa com deficiência; saiba pedir

Conselho da Petrobras autoriza novo reajuste no preço dos combustíveis

Ciro Gomes critica reajuste da Petrobras e detona Bolsonaro: ‘presidente banana’

Grisi também agradeceu ao apoio recebido de Álvarez desde o início de sua carreira no banco e disse esar ansioso para trabalhar com a nova equipe. "Não tenho dúvidas que temos a estratégia, o modelo e de negócios e o talento para gerar valor e implantar todo nosso potencial."

A trajetória profissional de Grisi começou há mais de 35 anos. Antes de trabalhar no Santander, ele atuou por 18 anos no Credit Suisse, onde também ocupou altos cargos, sendo responsável por operações no México, América Central e Caribe. Em sua vida acadêmica, estudou no México e no Canadá e é formado em finanças pela Universidade Iberoamericana.

Novo presidente gosta de correr Grisi é um ex-banqueiro de investimentos que adora correr. Segundo executivos que trabalham com ele há anos, o mexicano sabe como unir e motivar a equipe, defendendo seus pontos de vista. Dentre seus principais méritos está o de fazer com que a operação nos Estados Unidos tenha se tornado a mais rentável do banco.

No Brasil, Santander lucrou R$ 4 bilhões no primeiro semestre deste ano. "Quando falamos com ele, parece que tem todo o tempo de mundo, que você é a pessoa mais importante", disse a Reuters o economista Ángel Gurría, secretário-geral da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre