Educação

Ministro da Educação curte publicação no Twitter que pede prisão de presidente da Câmara

Divulgação

Na semana passada, Maia disse que Weintraub atrapalhava o País e brincava com o futuro das crianças brasileiras

Publicado em 03/02/2020, às 10h52    Divulgação    Redação BNews

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, curtiu uma postagem feita no Twitter em que uma seguidora pede a prisão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). A publicação de Chrysthiane Andrade, feita no último sábado (1º), traz a ashtag #MaiaPresoJá em uma legenda que acompanha um vídeo com pouco mais de um minuto e meio de duração. 

O material associa Maia ao ex-presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento a Eduação (FNDE), Roberto Dias. A narração do vídeo sugere que Dias era apadrinhado do presidente da câmara no órgão, e insinua que o parlamentar só fez críticas ao ministro em virtude do desligamento de Dias do cargo. 

"Olha só a preocupação do Nhonho [personagem do seriado mexicano Chaves ao qual Maia é constantemente associado] com a educação no Brasil, tudo BALELA!!!Rodrigo MaiLa ataca Abraham Weintroub por causa da demissão do seu apadrinhado 60 milhões/por ano já era seu corrupto (sic)", escreveu a seguidora. Na última quinta-feira (30), Maia disse que o ministro da Educação atrapalhava o País e brinca com o futuro das crianças brasileiras.

A declaração foi dada durante conversa com jornalistas. "O ministro da Educação atrapalha o Brasil, tem visão ideológica e brinca com o futuro de milhões de crianças", criticou na ocasião.

Foto: Print/Twitter

Classificação Indicativa: Livre