Eleições / Eleições 2022

"Brasil será o próximo?", pergunta Bolsonaro após vitória da esquerda na Colômbia; veja

Foto: Reprodução / Facebook / Jair Bolsonaro

Candidato de esquerda na Colômbia foi eleito no último domingo (19)

Publicado em 20/06/2022, às 09h26    Foto: Reprodução / Facebook / Jair Bolsonaro    Redação BNews

O presidente Jair Bolsonaro (PL) enviou mensagem em uma lista de transmissão que mantém no WhatsApp em que comenta o resultado das eleições na Colômbia. O candidato da esquerda, Gustavo Petro, foi eleito presidente no domingo com 40,32% dos votos.

A Colômbia terá um presidente de esquerda pela primeira vez: o esquerdista chega à Casa de Nariño, a sede do Executivo, em sua terceira tentativa, depois de percorrer uma longa trajetória. Antes de entrar na vida democrática, foi guerrilheiro do grupo M-19, preso e exilado. Depois, foi eleito senador em duas ocasiões e prefeito da capital Bogotá.

Leia também

Em silêncio publicamente, Bolsonaro encaminhou por mensagem a um grupo restrito reportagem da BBC News Brasil que tinha o título "Ex-guerrilheiro vence eleição na Colômbia e será primeiro presidente de esquerda do país". A informação foi divulgada pela colunista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Abaixo da foto, Bolsonaro escreveu: "Cuba... Venezuela... Argentina... Chile ... Colômbia... Brasil???", numa referência ao fato de a esquerda, com Lula, ter chance de voltar ao poder no país.

De acordo com ministros e interlocutores de Bolsonaro, ele chamou a atenção também para a alta abstenção da eleição colombiana. O voto não é obrigatório no país e cerca de 45% dos cidadãos habilitados a votar não compareceram às urnas. Ainda que alta, a cifra configura o menor número de abstenção em duas décadas na Colômbia.

Bolsonaro, no entanto, estaria preocupado com a possibilidade de a abstenção no Brasil também ser alta, mesmo com o voto obrigatório.

Além de evidenciar o fortalecimento da esquerda na América Latina –candidatos progressistas venceram as eleições na Bolívia, no Peru e no Chile, além de já estarem no poder na Argentina –, a vitória de Petro teve outro simbolismo: foi reconhecida por seu principal opositor, Rodolfo Hernández, menos de uma hora depois da divulgação dos resultados.

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre