Eleições / Eleições 2022

Doria reclama de não receber pesquisa e vê falta de democracia no PSDB

Wilson Dias/Agência Brasil

Doria afirma que solicitou o resultado na quarta-feira (18) pela manhã e não havia recebido o levantamento até as 16h de quinta (19)

Publicado em 19/05/2022, às 18h37    Wilson Dias/Agência Brasil    Fábio Zanini/Folhapress

Pré-candidato do PSDB à Presidência, João Doria reclama que a direção do PSDB não disponibilizou ainda para ele os resultados da pesquisa contratada para avaliar seu potencial na disputa.

"Num partido que se diz democrático, é justo que o candidato eleito pelas prévias do partido não tenha acesso a uma pesquisa que diz que ele não tem condições de ser o candidato do partido?", disse à reportagem.

Leia também:

Doria afirma que solicitou o resultado na quarta-feira (18) pela manhã e não havia recebido o levantamento até as 16h de quinta (19).

"Surpreendente: uma pesquisa que trata dos candidatos Doria e [Simone] Tebet, sem que o candidato do PSDB tenha o direito de ver a pesquisa. É razoável isso?", declarou.

Veja mais:

A pesquisa foi contratada junto ao instituto do publicitário Paulo Guimarães, e mistura características qualitativas e quantitativas.

Foram entrevistadas cerca de 2.000 pessoas, que tiveram de responder sobre atributos de Doria e da senadora Simone Tebet (MDB-MS).

Com base na pesquisa, analisada pela Executiva Nacional, a direção tucana tende a aprovar o apoio a Tebet, que teria índice de rejeição menor do que Doria.

O ex-governador de São Paulo, vencedor da prévia tucana do ano passado, contesta essas conclusões e diz que pontua acima de Tebet nas pesquisas que vêm sendo divulgadas. Ele poderá judicializar a questão caso seja derrotado internamente.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre