Eleições / Eleições 2022

João Roma revela o porquê de manifestação bolsonarista não acontecer na Barra; confira

Foto: Eduardo Dias / BNews

João Roma compareceu a ato bolsonarista no Jardim dos Namorados

Publicado em 01/05/2022, às 12h26 - Atualizado às 12h29    Foto: Eduardo Dias / BNews    Eduardo Dias e Vinícius Dias

Pré-candidato bolsonarista ao governo do estado da Bahia, João Roma (PL) ironizou o fato dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) não poderem realizar o ato no Farol da Barra durante esse 1° de Maio, dia do Trabalhador. O ato acabou acontecendo no Jardim dos Namorados, durante a manhã.

"Curiosamente dessa vez surgiram vários entreveros. Os organizadores que me convidaram foram informados que havia um outro ofício, entregue a um outro órgão que não é o padrão, impedindo manifestação na Barra", disse Roma ao BNews durante o ato.

Leia também

No entanto, o ex-ministro da Cidadania 'deixou pra lá' e valorizou o ato e a quantidade de pessoas que se fizeram presentes na manifestação.

"Nada segurou o desejo de nossa população em poder cada vez mais manifestar seu grito de liberdade, manifestar sua cidadania plena. Nesse 1° de maio, estar se manifestando por todos os trabalhadores e todos aqueles que procuram uma oporutnidade aqui no Brasil", disse Roma.

Para o pré-candidato, o Brasil já iniciou o que classifica como um despertar e acredita que em 2022 a Bahia irá pelo mesmo caminho.

"A Bahia vai despertar porque não vai ser propaganda bonita nem conversa dissimulada de ninguém que vai levar o povo baiano na conversa", afirmou, se referindo aos seus adversários políticos.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre