Eleições

Dayane Pimentel aparece em propaganda do PT: "Colbert Martins não terá meu voto"

Reprodução/TV

Parlamentar já vinha sinalizando veladamente o apoio a Zé Neto

Publicado em 26/11/2020, às 18h18    Reprodução/TV    Henrique Brinco e Victor Pinto

A deputada federal Dayane Pimentel, presidente do PSL na Bahia, apareceu na propaganda eleitoral do candidato Zé Neto (PT), que disputa o segundo turno da eleição em Feira de Santana (BA). A parlamentar já vinha sinalizando veladamente o apoio ao petista, sem explicitar que iria votar nele por medo de perder o comando do partido. Ela apenas afirma que não apoia o prefeito Colbert Martins (MDB), que tenta a reeleição. A peça conta ainda com a participação do ex-deputado Targino Machado (DEM), que selou o apoio após um arranjo controverso (entenda aqui).

Na gravação, a ex-bolsonarista diz: "Colbert Martins não terá o meu voto". Conforme o BNews revelou, o posicionamento se dá após uma "conversa de pé de ouvido" entre a parlamentar e os petistas. Ela negou que tenha tratado sobre o assunto com o governador Rui Costa (PT). Contudo, entrou em contradição nas redes sociais ao dizer que, por ser parlamentar, "tem que dialogar com forças do Estado, seja direita ou de esquerda". 

O posicionamento de Dayane chama a atenção porque ela elegeu-se em 2018 como uma apoiadora feroz e antipetista do então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro. Ela rompeu com o Palácio do Planalto em outubro em 2019 após o vazamento de um áudio dela durante uma reunião de deputados do PSL. Na ocasião, ela teceu críticas contra o Palácio do Planalto, que tentava obrigar os integrantes da legenda a votar no filho dele, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, para a liderança do partido na Câmara Federal.

Segundo a revista "Veja", Dayane foi liberada pela direção nacional do PSL a apoiar os petistas baianos. A sigla decidiu não se envolver em arranjos regionais.

Leia também:
Dayane Pimentel teve reunião secreta com Rui Costa para discutir apoio a candidato do PT em Feira
Saiba o que levou Targino Machado a apoiar Zé Neto em Feira de Santana

Classificação Indicativa: Livre